Balbuena comenta desempenho da defesa do Timão e briga pela titularidade

Balbuena comenta desempenho da defesa do Timão e briga pela titularidade

Por Meu Timão

Balbuena ressalta coletivo e não vê culpados sobre queda no rendimento.

Balbuena ressalta coletivo e não vê culpados sobre queda no rendimento.

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Entre os possíveis titulares para o confronto contra o Coritiba, nesta quarta-feira, o zagueiro Balbuena comentou o rendimento da defesa do Corinthians e briga pela titularidade na equipe. A partida contra o time do Paraná será disputada às 21h45, no estádio Couto Pereira, pela rodada 25 do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, o zagueiro comentou o desempenho da zaga corinthiana, que perdeu por 2 a 1 no clássico alvinegro da rodada passada, disputado na Vila Belmiro.

O jogador iniciou alegando que não existem culpados, mesmo a culpa recaindo primeiro na defesa, o time ganha e perde em conjunto. Balbuena continuou apontando que a equipe tenta manter um padrão de jogo, seja em partidas dentro ou fora de casa, mas que erros custam caro, colocando o time alvinegro entre altos e baixos no Brasileiro.

"Quando o time leva gol, normalmente a culpada é a defesa. Mas somos um time, sem a bola todo mundo é defensor. Quando perdemos, perdemos todos. Não pensamos em culpados. A gente tenta jogar bem, seja em casa ou fora. Tentamos manter um padrão que o treinador quer que a gente faça em cada partida. Estamos focados em cada jogo. Erros custam caro. Temos de fazer gols para vencer", argumento o zagueiro.

Questionado sobre sua não convocação para a seleção paraguaia recentemente, Balbuena desvencilhou o fato ao desempenho da zaga corinthiana. O atleta completou relembrando que a melhor defesa do campeonato já foi a corinthiana, mas uma pequena queda é o suficiente em um campeonato do nível do Brasileiro.

"Minha não convocação para os últimos jogos da seleção do Paraguai foram porque o técnico preferiu outros jogadores. Éramos a melhor defesa do campeonato, mas tivemos muitas mudanças na zaga. Não é esse fator que influencia, é o rendimento geral da equipe que caiu um pouquinho. O nível do campeonato não dá margem de erro. Temos de entrar em cada jogo e não levar gol para vencer", comentou.

Além disso, o zagueiro ressaltou a competitividade alta do elenco alvinegro. Balbuena destacou seu papel na equipe indicando ser apenas mais um para ajudar o time a não tomar gols adversários, indicando que qualquer um de seus companheiros entra em campo para fazer o seu melhor.

"Temos de manter o nível ótimo de competitividade e rendimento a cada jogo para evitar tomar gols. Temos ótimos jogadores: Yago, Vilson, o Pedro que está machucado. Me sinto mais um para ajudar o time, não me sinto titular, sei que os outros podem jogar. Estou aqui para somar e ajudar. Quem entrar vai dar o melhor para ajudar o time", finalizou o zagueiro corinthiano.

Balbuena faria dupla na zaga diante do Coritiba com Yago, porém, o jogador treinou com reservas durante treinamento tático, nesta segunda-feira, e deve perder sua vaga como titular para Vilson, que jogou na última rodada.

Veja Mais:

  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes