De comparação a Sócrates à final do Brasileirão: a ascensão de Rodrigo Figueiredo no Sub-20 do Timão

De comparação a Sócrates à final do Brasileirão: a ascensão de Rodrigo Figueiredo no Sub-20 do Timão

Por Meu Timão

Rodrigo Figueiredo defende o Corinthians desde 2013, quando tinha 17 anos

Rodrigo Figueiredo defende o Corinthians desde 2013, quando tinha 17 anos

Foto: Denny Cesare/Agência Corinthians

Comparado a Sócrates em sua chegada ao clube e hoje tido como um dos principais jogadores da equipe sub-20 do Corinthians, Rodrigo Figueiredo, meia de 20 anos deve ser integrado ao elenco profissional após o término do Campeonato Brasileiro da categoria. A finalíssima está marcada para esta terça-feira, às 19h, contra o Botafogo, em Itaquera.

Diante da ascensão do camisa 10 nas categorias de base do Corinthians e da grande probabilidade de efetivação no clube (nesta semana, renovou seu contrato por dois anos), o Meu Timão compilou algumas informações do jogador para apresentar à Fiel.

Rodrigo, que passou pelo futsal do São Paulo quando ainda era criança e jogou nas categorias de base de futebol do Red Bull Brasil durante a adolescência, foi anunciado pelo Corinthians em 2013. Agenciado por Wagner Ribeiro, o meia chegou ao clube comparado a ninguém mais ninguém menos do que o ídolo Sócrates.

"Rodrigo Figueiredo, 17 anos, com todas características do Sócrates foi contratado pelo Corinthians hoje", escreveu o empresário, na época da contratação, nas redes sociais.

Mesmo com 17 anos, a intenção do clube àquela altura era integrar Rodrigo à equipe sub-20, que passava por uma espécie de revolução. O técnico Émerson Ávilla havia acabado de ser demitido, e Osmar Loss, que permanece no cargo até os dias de hoje, seria o escolhido para substituí-lo.

Desde que chegou ao Corinthians, Loss via em Rodrigo um jovem promissor, com potencial de se destacar no sub-20 e chegar ao profissional. Não à toa, convocou o camisa 10 para as três últimas Copinhas (2014, 2015 e 2016), nas quais o Timãozinho foi campeão e vice-campeão (duas vezes).

Agora, o treinador colhe o fruto que colheu: tem Rodrigo como uma das grandes armas na atual edição do Campeonato Brasileiro Sub-20, torneio no qual o Corinthians já tem garantido ao menos o vice-campeonato.

E evitando repetir erros que já se tornaram "marca registrada" do Corinthians nos últimos anos, a diretoria vai costurando nos bastidores um contrato vantajoso com a joia. No processo de renovação, anunciado nesta semana, o Timão manteve os 60% de direitos econômicos que já possuía, deixando para empresário, atleta e Red Bull Brasil os outros 40%.

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco por expulsão, mas opta pelo silêncio na zona mista

    ver detalhes
  • Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

    Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes