Com Carille na chefia, Corinthians anuncia novo corpo técnico

Com Carille na chefia, Corinthians anuncia novo corpo técnico

Carille e Alessandro concederam entrevista coletiva nesta segunda-feira

Carille e Alessandro concederam entrevista coletiva nesta segunda-feira

Foto: Meu Timão

Sem Cristóvão Borges, demitido após a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, a diretoria do Corinthians anunciou nesta segunda-feira sua nova comissão técnica. O treinador Fábio Carille terá o auxílio de Fernando Lázaro e Mauro Silva durante o período em que comandar o atual campeão brasileiro.

“A partir do momento em que a diretoria acredita no profissional, é porque teve uma avaliação. Ele já assumiu em outros momentos mais difíceis, mostrou competência, mostrou comando, uma integração muito boa com os atletas. Infelizmente, o futebol sempre será baseado nos resultados. Eu desejo muitas felicidades ao professor Carille, ao Fernando Lázaro e ao Mauro (Silva)”, afirmou o gerente de futebol Alessandro Nunes em entrevista coletiva.

Fernando e Mauro já trabalhavam no Corinthians antes de terem relação direta com o elenco de jogadores. O primeiro é analista de desempenho no Cifut (Centro de Inteligência do Futebol), enquanto o ex-jogador é observador técnico. De acordo com Alessandro, o trio terá a missão de comandar o Timão às quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, diante do Fluminense.

“Temos na quarta-feira o jogo contra o Fluminense pela Copa do Brasil. Não estou cravando inicialmente o período do Carille. Ele é um profissional do clube há anos, um profissional extremamente qualificado, temos total confiança nele e no Fernando Lázaro. São profissionais extremamente competentes, profissionais que têm domínio da função, domínio técnico”, acrescentou o dirigente, que preferiu não falar sobre prazos.

“Temos muita segurança nesse trabalho, mas não estou aqui estipulando um prazo, temos muita segurança, nos reapresentamos hoje (segunda) depois de um domingo de folga, fizemos uma reunião com todos os atletas. O trabalho do Carille, do Fernando, do Mauro, o trabalho segue. Se colocar um prazo, a pressão já é natural, a responsabilidade aí fica muito forte. O mais importante é avaliar o nível desses profissionais”, finalizou.

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes