Sem clássico, Globo vê audiência despencar em São Paulo

Sem clássico, Globo vê audiência despencar em São Paulo

Por Meu Timão

Corinthians e Palmeiras foi exibido apenas no Premiere

Corinthians e Palmeiras foi exibido apenas no Premiere

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A Globo optou por não passar o clássico entre Corinthians e Palmeiras no último sábado e viu sua audiência do final de semana despencar em São Paulo. A partida, que terminou com a derrota para o Timão, foi exibida apenas no canal Premiere, para assinantes.

Na tarde de domingo, a emissora transmitiu o confronto entre São Paulo e Atlético-PR e atingiu apenas 19 pontos de média, com participação de 36% das televisões ligadas. A audiência foi uma das piores de 2016 em um domingo a tarde, acumulando Campeonato Brasileiro e Paulista.

O último clássico entre Corinthians e Palmeiras exibido pela emissora, no primeiro turno do Brasileiro, por exemplo, marcou 29 pontos na Globo. Essa foi a maior audiência em São Paulo nesta edição do nacional. Já no Campeonato Paulista, no início da temporada, a Globo viu o clássico entre atingir a média de 31 pontos.

É válido destacar que cada ponto do Ibope equivale a 69.417 domicílios sintonizados no canal em São Paulo, apenas nas regiões metropolitanas, referências para o mercado publicitário.

Veja Mais:

  • Emerson Sheik é esperado no CT do Corinthians na parte da tarde

    Zagueiro vai ao CT do Corinthians; Sheik e Matheus Vital são esperados no período da tarde

    ver detalhes
  • Na noite desta terça-feira, só a vitória importa ao Sub-20 do Timãozinho

    Tudo ou nada! Invicto, Corinthians mede força com Avaí pelas oitavas de final da Copinha

    ver detalhes
  • Henrique Dourado ainda pode reforçar Corinthians em 2018

    'Caso Gilberto' e atrito político: por que Corinthians ainda pode contratar Henrique Dourado

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini não poderá concorrer na eleição de fevereiro

    Citadini tem candidatura à presidência do Corinthians impugnada

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes