Ex-Corinthians, Betão reencontra boa fase e já projeta carreira fora dos gramados

Ex-Corinthians, Betão reencontra boa fase e já projeta carreira fora dos gramados

Por Meu Timão

4.2 mil visualizações 50 comentários Comunicar erro

Em cinco jogos pelo Avaí, Betão presenciou cinco vitórias

Em cinco jogos pelo Avaí, Betão presenciou cinco vitórias

Divulgação/Avaí FC

Revelado no Corinthians, o zagueiro Betão, atualmente um dos principais jogadores do elenco do Avaí na Série B do Campeonato Brasileiro, comemorou o reencontro com o bom futebol. Desde sua estreia, há exato um mês, na vitória do clube catarinense por 2 a 1 sobre o Sampaio Corrêa, o Avaí embalou uma série de cinco triunfos e agora luta pela zona de acesso à elite nacional.

Entretanto, o início da atual temporada foi cercado de incertezas para o zagueiro. Até então no Évian, da França, Betão viu seu clube falir e teve diversas dificuldades para acertar seu novo destino, fato que o deixou desempregado. Procurado pelo Avaí, o jogador recordou os bastidores da negociação e comemorou o desfecho até ser anunciado como novo reforço.

"Eu não tinha empresário e achei que fosse brincadeira no começo. Muita gente me ligou nesse tempo. Mas a história era real e o clube se interessou. Como foi uma proposta muito boa, em três dias fechamos tudo. A gente sempre fica cauteloso de voltar ao Brasil porque é tudo muito diferente da Europa. Fiquei apreensivo e foi melhor do que esperava, ocorreu tudo bem”, disse em entrevista à ESPN.

Invicto no Avaí até o momento, Betão, de 32 anos, sustenta diversos acontecimentos ligados ao futebol em sua carreira - desde o fatídico rebaixamento com o Timão em 2007, até a oportunidade de marcar o argentino Lionel Messi, quando atuava pelo Dynamo Kyiv -, fatos que alimentam a vontade no defensor de realizar palestras e compartilhar suas vivências no esporte.

"Já participei de alguns eventos, como na faculdade Ipog [de São Paulo] e em breve farei uma palestra com as categorias de base do Avaí também. A partir de dezembro, nas férias, as coisas irão evoluir. Participei também de sabatinas em faculdades de jornalismo. É bem interessante, os alunos perguntam coisas sobre o mundo do futebol que não conhecem. A intenção é mostrar o outro lado da vida do jogador sobre a mídia, como lidar com grupo de pessoas e os bastidores do nosso trabalho que as pessoas desconhecem", acrescentou.

Ao longo dos sete anos em que vestiu o manto corinthiano como profissional, Betão entrou em campo por 157 partidas e marcou quatro gols, entre eles, um que determinou a vitória do Corinthians sobre o São Paulo, de cabeça, no estádio do Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro de 2007.

Veja Mais:

  • Na segunda partida da temporada, Corinthians de Carille já conheceu o sabor da derrota

    Corinthians marca no início, mas leva virada e sofre primeira derrota no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Gustagol sobe de cabeça contra zaga do Guarani; camisa 19 é ponto alto do Timão

    Gustagol é eleito craque, e trio de defensores decepciona na primeira derrota do Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Argentino Mauro Boselli já treina com bola e pode estrear no fim de semana

    Carille é cauteloso, mas não descarta estreia de Boselli contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Arana voltou a atuar pelo Sevilla, mas segue na mira do Corinthians

    Duílio garante que rumo das negociações não mudam após Arana voltar a atuar pelo Sevilla

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes