Walter alimentou esperanças de voltar ao gol do Corinthians um turno após perder titularidade

Walter alimentou esperanças de voltar ao gol do Corinthians um turno após perder titularidade

Por Meu Timão

Em busca de espaço, Walter iria substituir Cássio neste domingo

Em busca de espaço, Walter iria substituir Cássio neste domingo

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Antes da confirmação de Cássio na partida contra o Fluminense deste domingo, às 16h, Walter teve a esperança de jogar como goleiro titular do Corinthians um turno após perder seu lugar na equipe principal. O duelo será realizado na Arena em Itaquera, válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Antes da certeza da presença Cássio para a partida contra o time carioca, que era dúvida devido a dores musculares no ombro direito, o defensor seria substituído em condições muito parecidas com a última vez em que perdeu seu posto no gol do Timão.

Walter foi o arqueiro principal do Corinthians durante o primeiro turno da competição nacional, contra o mesmo Fluminense, quando se machucou e deu espaço a Cássio. Além disso, o comando do time alvinegro também era o mesmo do atual: Fábio Carille era o treinador interino do clube na ocasião, devido à saída de Tite rumo à Seleção Brasileira. Neste domingo, o técnico comanda seu segundo desafio à frente do Timão após a demissão de Cristóvão Borges, no último sábado.

O duelo aconteceu em junho deste ano, sendo disputado pelo primeiro turno do Brasileirão, e terminou com uma derrota corinthiana por 1 a 0, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Contratado em 2013 como reserva de Cássio, Walter disputou 42 jogos com a camisa do Corinthians, sendo 38 delas como titular, e mostrou serviço nas oportunidades que recebeu. Com o goleiro em campo a equipe corinthiana conquistou 23 vitórias, nove empates e dez derrotas.

Uma marca mais baixa que a de Cássio, dadas as devidas proporções, que recentemente completou 250 partidas com a camisa do Timão, sendo um dos jogadores mais experientes do elenco alvinegro, com 127 vitórias, 73 empates e 50 derrotas.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes