Assim como Gustavo, zagueiro tem Timão tatuado na pele e explica escolha

Assim como Gustavo, zagueiro tem Timão tatuado na pele e explica escolha

Por Meu Timão

Pedro Henrique eternizou na pele o número utilizado no Corinthians

Pedro Henrique eternizou na pele o número utilizado no Corinthians

Foto: Agência Corinthians

A exemplo do atacante Gustavo que, recentemente eternizou na pele a imagem de sua estreia pelo Corinthians, o zagueiro Pedro Henrique também fez uma tatuagem em referência às suas atuações pelo clube. Aos 21 anos e atualmente titular na equipe de Oswaldo de Oliveira, o defensor comentou sobre a decisão pelo desenho, além da opção pelo número usado no manto alvinegro.

"Eu gosto bastante de tatuagens. Estava para terminar uma no braço, onde tenho um Cristo e uma santa. Aí liguei para um tatuador, o Johnny, mas não queria terminar o braço, e sim fazer uma nova. Aí surgiu a ideia... Não sendo eu mesmo, mas alguma coisa sobre futebol. Ele mandou a imagem sem o número e o nome, senti que estava faltando algo. Decidi colocar meu número e meu nome", disse em entrevista ao globoesporte.com.

A respeito do uso pelo número 34, Pedro Henrique recordou a definição no momento em que foi promovido à categoria profissional, além de destacar sua aprovação e carinho pela camisa utilizado desde sua estreia. "Quando subi, o Alessandro me chamou na sala e disse que meu número seria esse. Os números dos defensores estavam todos ocupados. Como estreei com esse número, gostei e levo como um número da sorte. Decidi tatuar por isso. E espero fazer mais", acrescentou.

Querido pela Fiel, não só por suas atuações dentro de campo, mas também por sua simpatia, o jovem zagueiro demonstrou forte gratidão pelo apoio prestado por meio das redes sociais, além de reiterar o comprometimento como jogador do Corinthians.

"Eu posto as fotos, a torcida corresponde bem, me elogia, só tenho a agradecer a eles. Isso me motiva a trabalhar mais e me dedicar mais no dia a dia. Eu olho, mas procuro não responder. Agradeço, mas não respondo cada um. Mesmo assim, vejo isso com carinho e espero que seja assim pelo resto do meu contrato com o Corinthians, até dezembro de 2019", finalizou.

Relacionado para o duelo desta quarta-feira, contra o Cruzeiro, em duelo válido pelo segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil, Pedro Henrique forma a dupla de zaga ao lado do paraguaio Balbuena. O Timão entra em campo às 21h45, no estádio do Mineirão, na disputa por um lugar entre os quatro melhores do torneio.

Confira a tatuagem de Pedro Henrique

Veja Mais:

  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes
  • Leandro Damião pode trocar Flamengo pelo Corinthians em 2017

    Corinthians inicia conversas por centroavante do Flamengo, diz portal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes