Crise no profissional não afeta tranquilidade da base do Timão, assegura técnico

Crise no profissional não afeta tranquilidade da base do Timão, assegura técnico

Sub-13 do Timão encara o Palmeiras pela semifinal do estadual

Sub-13 do Timão encara o Palmeiras pela semifinal do estadual

Foto: Agência Corinthians

Diante da intensa pressão que envolve o nome do Corinthians, a luta por resultados positivos começa desde cedo na base do clube e, na categoria Sub-13, não é diferente. Comandado pelo técnico Bruno Silva, o elenco, que tem a tranquilidade como chave principal do sucesso, vem fazendo colocando o projeto em prática na atual edição do Campeonato Paulista, já que o Timão marca presença entre os clubes em disputa na semifinal.

Em entrevista exclusiva ao Meu Timão, o comandante corinthiano revelou as principais características da garotada, além de evidenciar a base do trabalho.

"Eu acho que o primeiro é enfatizar a tranquilidade. Passar tranquilidade para os meninos. Eles tem um maior nível de concentração durante o dia a dia, durante a preparação. Aí se eles tiverem a manutenção desse comportamento, controlar a ansiedade, manter a tranquilidade e ter foco no nível de concentração, eles, consequentemente, terão a mesma postura na partida", declarou.

"13 anos é uma categoria heterogênea, tem uns mais avançados de maturação psicológica, outros mais tardios. Então, buscamos manter o equilíbrio, que eles fiquem tranquilos e calmos para que possam melhorar o nível de concentração e de ansiedade", complementou.

Tendo em vista que a equipe profissional não passa por uma boa fase e lida com a oscilação de resultados nas últimas partidas, o treinador corinthiano, consciente do rendimento abaixo do esperado na categoria principal do clube, revelou de que maneira trata o assunto diante dos garotos, para que não os influencie negativamente nas competições em disputa.

"Eu acho que o profissional acaba sendo referência para os jogadores das categorias de base. Nós procuramos diferenciar no Sub-13 a especificidade de cada categoria.Independente da fase do profissional, nós somos um clube grande e temos que sempre buscar a vitória e fazer o nosso melhor. Ter a atitude de jogador que merece vestir a camisa do Corinthians. Os garotos têm a referência no profissional, mas a fase deles não pode influenciar no dia a dia, na competição. Independente deles, temos que lembrar sempre o que é o Corinthians, que é o maior clube do Brasil e fazer o máximo em todos os momentos em que estivermos vestindo o manto", apontou.

Questionado a respeito da possibilidade de atuar na Arena Corinthians futuramente, Bruno Silva ressaltou o privilégio em disputar uma partida em Itaquera, relacionando com o fator motivacional para os garotos da categoria Sub-13.

"Por mim, meus jogadores e minha comissão técnica, seria um grande prazer e, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade. É a casa do Corinthians, é a casa do Timão. O jogo de futebol dentro daquele ambiente é muito diferente, emocionalmente pode fazer com que nossos atletas se motivem mais, mas também possam sentir mais a pressão. Porém, por ser nossa casa, seria uma realização de sonho para os meninos", finalizou.

A categoria Sub-13 do Corinthians vai a campo neste domingo, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Paulista. A equipe orientada por Bruno Silva faz o Derby contra o Palmeiras, às 10h30, no estádio Conde Rodolfo Crespi, a Rua Javari, em São Paulo.

Veja Mais:

  • Walter aguarda diretoria do Corinthians para selar permanência no clube

    São Paulo insiste e aumenta oferta pela terceira vez; Walter segue no aguardo do Corinthians

    ver detalhes
  • Meia marcou primeiro gol com a camisa do Corinthians nesta quarta-feira

    De Messi a Romarinho: as reações da torcida do Corinthians ao primeiro gol de Pedrinho; veja

    ver detalhes
  • Gol de Balbuena abriu o placar nesta quarta-feira

    Balbuena e Pedrinho marcam, Corinthians despacha colombianos e avança na Sul-Americana

    ver detalhes
  • Timão se aproximou ainda mais da segunda colocação no Torcedômetro

    Fiel Torcedor volta a crescer e Corinthians diminui diferença para segundo lugar no Torcedômetro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes