Jornalista denuncia que Roberto assinou como presidente antes de eleição; Corinthians nega

4.2 mil visualizações 72 comentários

Por Meu Timão

Roberto de Andrade assinou como presidente do Corinthians antes de vencer eleição

Roberto de Andrade assinou como presidente do Corinthians antes de vencer eleição

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O jornalista Rodrigo Capelo, da revista Época, denunciou no fim de tarde desta sexta-feira um polêmica envolvendo Roberto de Andrade. Eleito como mandatário do Corinthians desde 7 de fevereiro de 2015, ele assinou a ata de uma assembleia sobre a Arena como presidente em 5 de fevereiro de 2015, dois dias antes de vencer a eleição.

A reportagem apresentou um anexo das assinaturas dos cotistas presentes na reunião. Além dos representantes da Arena Itaquera S.A. e da Odebrecht Participações e Investimentos S.A., consta no documento a assinatura de Roberto de Andrade Souza como presidente do Corinthians.

Na assembleia em questão, foram discutidas decisões sobre o estádio. Ali, na condição de presidente antes mesmo do pleito, Roberto de Andrade teria tratado de um aditivo ao contrato de construção da Arena com a Odebrecht, dando assim maior prazo para a conclusão das obras e garantindo que a construtora não devia mais nenhum centavo ao estádio do Corinthians.

Em tal reunião, também foram discutidas questões ligadas ao direito da Omni de explorar o espaço do estacionamento da Arena e da BRL (fundo de investimento que administra o estádio) de alterar contratos de financiamento da construção junto à Caixa. Em suma: Roberto de Andrade, antes de assumir qualquer vínculo formal com a diretoria do clube, já teria participado de decisões que influenciariam diretamente no futuro do maior patrimônio já erguido pelo Corinthians.

De acordo com a reportagem, Roberto de Andrade pode ser acusado de crime de falsidade ideológica por inserir declaração falsa em documento privado. O Código Penal prevê multa e um a três anos de reclusão caso seja avaliada "relevância jurídica" no caso.

Por meio do advogado do Corinthians, Luiz Felipe Santoro, o presidente Roberto de Andrade afirmou que a ata demorou alguns dias para ser redigida e registrada em cartório e "por esse motivo pediram a assinatura dele no documento". De acordo com o clube, o mandatário nem mesmo participou de tal reunião, apesar de seu nome constar na lista de presença.

Outro lado - Pouco tempo após a publicação da reportagem de Rodrigo Capelo, o Corinthians emitiu uma nota oficial afirmando que o "presidente Roberto de Andrade Souza vem a público esclarecer que jamais fraudou qualquer documento, seja em relação ao Corinthians, seja em sua vida pessoal ou profissional". Confira a íntegra abaixo:

O presidente Roberto de Andrade Souza vem a público esclarecer que jamais fraudou qualquer documento, seja em relação ao Corinthians, seja em sua vida pessoal ou profissional. A ata mencionada na matéria da Revista Época se refere a uma assembleia do Arena FII realizada na sexta-feira, dia 05/02/15. A eleição do Presidente Roberto ocorreu em 07/02/15. Quando a ata foi lavrada, o Presidente Roberto já se encontrava no exercício de seu mandato. Os temas objeto da ata já haviam sido previamente alinhados entre as partes, de modo que sequer houve reunião presencial, como é comum nesses casos. A ata foi elaborada pela BRL Trust, administradora do Fundo, e posteriormente encaminhada para assinatura do Corinthians e da Odebrecht.

Veja Mais:

  • Matheus Davó está cedido ao Bahia e disputa a Série B do Brasileiro

    Corinthians recebe proposta e pode vender Matheus Davó; veja detalhes

    ver detalhes
  • Yuri Alberto marcou três gols contra o Atlético-GO e ajudou a garantir a classificação do Corinthians à semifinal da Copa do Brasil

    Corinthians tem noite inspirada de Yuri Alberto, goleia o Atlético-GO e vai à semi da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Corinthians irá enfrentar o Fluminense na semifinal

    Veja como os jogadores do Corinthians comemoraram a classificação para as semis da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Vítor Pereira confirmou que Duilio falou sobre renovação de contrato com o treinador; técnico tem vínculo com o clube até o final de 2022

    Vítor Pereira confirma oferta do Corinthians por renovação e diz que tomará decisão no final do ano

    ver detalhes
  • Yuri Alberto marcou três gols na classificação do Corinthians na Copa do Brasil e foi eleito o melhor da noite do Timão

    Artilheiro da noite beira o dez e é o melhor em classificação do Corinthians; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Titular do Corinthians contra o Atlético-GO, Fagner desmentiu rumores de má relação com Vítor Pereira após a partida

    Fagner afasta rumores sobre relação com Vítor Pereira e nega problema com o treinador do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x