Lucca detona arbitragem após gol irregular: 'Estou revoltado'

Lucca detona arbitragem após gol irregular: 'Estou revoltado'

Por Meu Timão

Lucca reclamou da arbitragem ao fim da partida

Lucca reclamou da arbitragem ao fim da partida

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Depois do término da partida do Corinthians contra o Flamengo, o atacante Lucca saiu bastante irritado com a arbitragem. O jogador reclamou bastante da atuação do auxiliar Rafael da Silva Alves, após ter validado o primeiro gol de Guerrero na partida, que estava bem à frente da zaga alvinegra. O atacante afirmou que, se o erro tivesse sido a favor para o Corinthians, a repercussão seria maior.

"Estou revoltado por conta do que fizeram com o Corinthians. Se a gente faz um gol desse, é 15 dias falando disso. Em uma partida tão decisiva como essa, não pode ter um erro assim. Impossível errar dessa forma, três ou quatro metros impedido", declarou o atleta.

Na próxima rodada, o Timão encara a Chapecoense, às 16h30, na Arena Corinthians, no sábado. O técnico Oswaldo de Oliveira não contará com o meia-atacante Guilherme, que foi expulso no embate. Por outro lado, o zagueiro Pedro Henrique retorna à equipe.

Com o empate em 2 a 2 no Maracanã, o Corinthians entrou no G6 - vaga que dá acesso a Libertadores de 2017. O time tem 49 pontos somados - um ponto a mais que o Atlético-PR, que joga nesta segunda-feira com o América-MG.

Veja Mais:

  • Alan Mineiro gostaria de permanecer no Corinthians, mas não está nos planos do clube

    Alan Mineiro deve ser vendido pelo Corinthians e disputar a Série B em 2017

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes
  • Diversos torcedores não conseguiram efetuar a troca de ingressos

    Com fila absurda e nova confusão, torcida do Corinthians esgota ingressos para final da LNF

    ver detalhes
  • Oswaldo negou que seus treinos sejam repetitivos

    Oswaldo volta a sinalizar escalação do Corinthians em coletivo e explica semana de treinos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes