Fagner comemora G6 e opina sobre 'principal adversário do Corinthians'

Fagner comemora G6 e opina sobre 'principal adversário do Corinthians'

Por Meu Timão

Um dos líderes do elenco, Fagner comemorou a manutenção do Timão no G6

Um dos líderes do elenco, Fagner comemorou a manutenção do Timão no G6

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Apesar de ter empatado com o Flamengo em 2 a 2 no último domingo, o Corinthians permaneceu no G6 - vaga que dá acesso a Libertadores de 2017. O lateral-direito Fagner comemorou a permanência do Timão entre as seis melhores equipe na tabela e fez questão de destacar a exibição da equipe no confronto contra o time carioca.

"Depois do jogo contra o Cruzeiro, eu dizia que da maneira com que o time tinha se comportado deveria ser ressaltada. Contra o Flamengo, com Maracanã cheio, conseguimos fazer um grande jogo. Se a vitória viesse, seria melhor em termos de tabela. Mas, pelo desempenho, ficamos muito felizes e tenho certeza de que as coisas tendem a melhora", afirmou o jogador, em entrevista concedida nesta terça, no CT Joaquim Grava.

O camisa 23 projetou aumentar a diferença para o Atlético-PR, que foi derrotado pelo América-MG na noite desta segunda-feira. O pensamento do atleta está no embate diante da Chapecoense, marcado para sábado.

"Na minha cabeça, o principal objetivo é o próximo jogo. Estamos no G-6, o mais importante é permanecer nele até o fim. Agora é pensar jogo a jogo, buscar os três pontos a cada jogo. Ou ter uma folga na última rodada, ou fazer grandes jogos e conseguir a vaga", emendou.

Fagner reconheceu a dificuldade de disputar o Brasileirão e afirmou que a reta final da competição será determinante para saber se o Corinthians jogará a competição sul-americana no ano que vem. Ele acredita nos tropeços dos concorrentes diretos que estão brigando pelo G6.

"O Campeonato Brasileiro sempre traz muitas surpresas, é difícil apontar nosso principal adversário na briga por G-6. A diferença para o Botafogo é de quatro pontos, temos chances de terminar em quinto. É pensar no próximo jogo, fazer um grande jogo. Se os adversários tropeçarem, a diferença diminui. É pensar no próximo adversário e ver a rodada", discursou.

O ala declarou que o principal adversário da equipe será o próprio Corinthians e reforçou que os companheiros terão de lidar com o lado psicológico nas próximas rodadas. O lateral reiterou que os duelos restantes serão encarados como decisões.

"Hoje o principal adversário é o Corinthians, nós mesmos temos de enfrentar esses próximos jogos como decisões. Para que consigamos ficar definitivamente no G-6", encerrou.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes