Depois de derrota, técnico rival quer 'moralizar' em clássico contra Corinthians

Depois de derrota, técnico rival quer 'moralizar' em clássico contra Corinthians

Por Meu Timão

Técnico são-paulino vê Majestoso essencial para recuperação

Técnico são-paulino vê Majestoso essencial para recuperação

Foto: Divulgação/São Paulo

Às vésperas do confronto contra o Corinthians, o rival São Paulo passa por maus momentos. Depois de perder para o vice-lanterna da competição, a situação na Vila Sônia segue desesperadora, e o confronto com o Timão virou caso de vida o morte.

A equipe são paulina ainda não está livre das chances de rebaixamento, e aposta tudo no clássico no Morumbi: "Temos o clássico para moralizar, voltar, pensar em outros objetivos. O clássico é extremamente importante", declarou Ricardo Gomes.

Ao longo da campanha, o São Paulo não conseguiu vencer três jogos em sequência, fato que serve como um combustível a mais para o clube no duelo diante do Timão.

"Estamos chegando ao final do campeonato e o São Paulo ainda não conseguiu a terceira vitória (em sequência). Isso tem uma leitura. Temos outra chances, vamos amadurecer, mas principalmente o clássico é muito importante para moralizar o grupo e fazer as contas por uma melhor colocação. O São Paulo não pode ser 12º colocado", finalizou o treinador.

O Corinthians, por outro lado, ocupa o sétimo lugar na classificação, a partir dos 50 pontos conquistados até o momento. A briga continua para ficar no G6, única maneira da equipe se classificar para a Copa Libertadores em 2017.

No primeiro turno, em confronto disputado na Arena Corinthians, o clássico terminou equilibrado, mediante ao empate pelo placar de 1 a 1 entre os clubes.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes