Transferência de Wagner ao Corinthians deve passar por julgamento da FIFA

Transferência de Wagner ao Corinthians deve passar por julgamento da FIFA

Por Meu Timão

Wagner acertou a rescisão de seu contrato por conta própria

Wagner acertou a rescisão de seu contrato por conta própria

Foto: VCG/VCG via Getty Images

Acertado verbalmente com o Corinthians desde a última terça-feira, o meia Wagner pode enfrentar alguns problemas até assinar seu contrato junto ao Timão. Depois de rescindir seu vínculo por conta própria no Tianjin Teda, jogador de 31 anos corre risco de ter empecilhos burocráticos na transferência, podendo até contar com o julgamento da FIFA no caso.

Encostado no clube chinês, Wagner alegou justa causa em seu pedido de rescisão, tendo em vista que sequer marcava presença na lista dos jogadores inscritos. Com isso, o meia atuou apenas em 11 jogos na atual temporada e não vinha treinando pela antiga equipe.

Em situação parecida com a do atacante Jô - que rescindiu seu contrato, porém de forma amigável -, Wagner espera contar com a autorização do Tianjin Teda, a partir do envio do Certificado de Transferências Internacionais, para que a situação não seja resolvida mediante ao julgamento da FIFA, segundo apurado pelo Lance!.

Caso os chineses facilitem o negócio e emitam o documento com rapidez, o Timão não terá dificuldades e, então, poderá firmar um acordo e oferecer contrato ao meia. A tendência é que a situação seja resolvida até a data estipulada para Wagner estrear pelo Corinthians. De férias nos Estados Unidos, a previsão é que o meia reforce a equipe no Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes