Na Itália, Leandro Castán deseja reviver o futebol apresentado no Corinthians

Na Itália, Leandro Castán deseja reviver o futebol apresentado no Corinthians

Por Meu Timão

Ex-Corinthians, Leandro Castán revela desejo por resgaste de seu bom futebol

Ex-Corinthians, Leandro Castán revela desejo por resgaste de seu bom futebol

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Campeão pelo Corinthians na Libertadores de 2012, o zagueiro Leandro Castán carrega sua passagem pelo Parque São Jorge com muito carinho. Hoje na Itália, atuando pelo Torino, o jogador afirmou guardar sua atuação no Timão como referência e revelou desejo por renascimento de seu bom futebol.

"Veja só como eu me preparo para entrar em campo", contou o jogador apontando sua caneleira, em entrevista à ESPN. No objeto, uma imagem do próprio zagueiro com a camisa do Corinthians, em 2012, está estampada. Além de inspiradora, a imagem representa o momento mais feliz da carreira do brasileiro.

Após conquistar a Copa Libertadores da América, Leandro Castán foi anunciado pela Roma. Porém, no fim de 2014, o zagueiro passou por uma cirurgia devido a uma má formação vascular congênita no cérebro. Ele, que quase pendurou as chuteiras por causa da operação, voltou a jogar em 2016, mas não conseguiu se destacar novamente.

"Perdi muito tempo. Tive de esperar quase quatro meses para fazer a cirurgia preparando o meu corpo. Depois foram praticamente três meses de recuperação. Sabia que aquela temporada estava perdida, mas queria me recuperar rapidamente para voltar a jogar", comentou.

Sem espaço na equipe do Roma, Castán chegou a ser emprestado para a Sampdoria no início da atual temporada. Ficou apenas 38 dias no time de Gênova até chegar ao Torino, onde hoje é titular. Precavido quanto ao seu futuro, Castán espera retornar a boa fase que atravessou em seus tempos de Corinthians, onde foi campeão brasileiro e da Libertadores.

"Foi o melhor momento da minha carreira e fez com que eu chegasse até a Roma. Eu estou aos poucos retomando meu futebol. O problema que eu enfrentei me ensinou a pensar em um dia de cada vez. Realizar meu trabalho com intesidade.. O futuro é consequência do que estou fazendo no presente. Quem sabe?", declarou.

Revivendo aos poucos o seu futebol dos tempos de Parque São Jorge, Castán esboça felicidade ao falar sobre o seu atual clube. "Aqui reencontrei a felicidade de jogar, a alegria de ver um grupo motivado para alcançar grandes objetivo", concluiu.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo, bastidores e opiniões de conselheiros: tudo sobre o impeachment no Corinthians

    ver detalhes
  • Fábio Carille comandou Corinthians em mais uma vitória, desta vez contra o Audax

    Passadas quatro rodadas, só um time tem aproveitamento melhor que Corinthians no Paulistão-2017

    ver detalhes
  • Arena Corinthians com pouco público neste início de ano

    Sete motivos que explicam a queda do número de adimplentes do Fiel Torcedor

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes