Com cinco meses pela frente, presidente do Corinthians já tem estratégia contra impeachment

Com cinco meses pela frente, presidente do Corinthians já tem estratégia contra impeachment

Por Meu Timão

Roberto de Andrade já tem defesa para impeachment traçada

Roberto de Andrade já tem defesa para impeachment traçada

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

A equipe de Oswaldo de Oliveira ganhou do Internacional, a torcida se animou com a aproximação da vaga à Libertadores de 2017... A situação polícia do Corinthians, contudo, segue para lá de complicada. Um dia após conselheiros protocolarem o pedido de impeachment contra o presidente Roberto de Andrade, a diretoria já tem traçada sua estratégia de defesa.

Conforme publicado em reportagem do jornal Folha de S. Paulo deste quarta-feira, Roberto de Andrade alegará que não agiu em má-fase à frente do Corinthians. A principal alegação dos oposicionistas que assinaram o documento contra o presidente do Timão é de que teria havido fraude na assinatura de atas anteriores à posse do atual mandatário.

"No processo vamos apresentar provas de que ele só assinou aqueles documentos quando já estava empossado presidente. Inclusive estamos ratificando essa ata no fundo colocando a verdadeira data que ele assinou já empossado. Esse documento vai ser enviado para a CVM (Comissão de Valores Monetários), que permite essa ratificação (...) Não houve má fé nem dolo e não gerou nenhum prejuízo ao clube", disse Luiz Alberto Bussab, novo diretor jurídico do Corinthians.

Fato é que Roberto de Andrade terá tempo de sobra para arrumar sua defesa. Conforme apontado em reportagem do Globoesporte.com, os conselheiros de oposição não estão nada otimistas com relação ao tempo que o processo de impeachment levará. Eles calculam que, entre os trâmites burocráticos e as festividades de fim de ano, apenas em abril será possível definir a destituição ou a permanência do presidente corinthiano.

Veja mais em: Diretoria, Roberto de Andrade e Impeachment.

Veja Mais:

  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo, bastidores e opiniões de conselheiros: tudo sobre o impeachment no Corinthians

    ver detalhes
  • Fábio Carille comandou Corinthians em mais uma vitória, desta vez contra o Audax

    Passadas quatro rodadas, só um time tem aproveitamento melhor que Corinthians no Paulistão-2017

    ver detalhes
  • Arena Corinthians com pouco público neste início de ano

    Sete motivos que explicam a queda do número de adimplentes do Fiel Torcedor

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes