Depois de garrafada, Oswaldo discute com torcedor na Arena Corinthians

Depois de garrafada, Oswaldo discute com torcedor na Arena Corinthians

Oswaldo discutiu com torcedor na saída do campo

Oswaldo discutiu com torcedor na saída do campo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico Oswaldo de Oliveira foi – literalmente – alvo de um torcedor do Corinthians após o empate por 0 a 0 com o Atlético-PR, na noite deste sábado, na Arena em Itaquera. No momento em que deixava o gramado e seguia para o vestiário do Timão, o treinador levou uma garrafada de um corinthiano presente no setor Oeste Inferior.

Ao notar o arremesso do objeto e ouvir xingamentos do irritado torcedor, Oswaldo não ficou calado: “Eu estava saindo, jogaram uma garrafa. Quando eu olhei pra cima, o gesto automático, tinha um rapaz me xingando. Eu disse que estava morrendo de medo dele, só isso”, afirmou Oswaldo de Oliveira em entrevista coletiva.

Garrafa à parte, o Corinthians desperdiçou a oportunidade de pular para a quinta colocação da tabela. Agora, com 55 pontos, o time alvinegro terá de vencer o Cruzeiro na 38ª – e última – rodada do torneio e torcer pelos tropeços de Botafogo e Atlético-PR.

Questionado outra vez sobre o assunto, Oswaldo subiu o tom e denotou a atitude do torcedor. “Não teve crítica, não, teve arremesso de uma garrafa e xingamento. Isso é agressividade, falta de educação, não podemos contemporizar. Ele não tem direito de jogar garrafa, ofender. Não só o treinador, qualquer pessoa. É isso que estou colocando. Crítica é normal, me refiro à agressividade”, finalizou.

O Corinthians enfrenta o Cruzeiro apenas no próximo domingo, às 17h (de Brasília), no Mineirão.

Veja mais em: Oswaldo de Oliveira.

Veja Mais:

  • Torcedor é retirado após insistir em ficar em pé no Setor Oeste

    Vídeo de torcedor sendo retirado pela PM por estar em pé na Arena divide opinião da Fiel; assista

    ver detalhes
  • Fagner em partida contra o São Paulo, pelo Paulistão

    TJD-SP volta atrás sobre julgamento de Fagner, que pode desfalcar Corinthians em decisão

    ver detalhes
  • Cássio foi presenteado por Dona Lina no encontro dos dois no CT Joaquim Grava

    Com presente guardado desde o Mundial, corinthiana de 87 anos realiza sonho de conhecer Cássio

    ver detalhes
  • Felipe, Malcom e Gil foram vendidos pelo Corinthians em 2016

    Venda de atletas e luvas da TV fazem Corinthians ter maior arrecadação da história em 2016

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes