Há 17 anos, Corinthians conquistava o tricampeonato brasileiro

2.0 mil visualizações 22 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

No dia 22 de dezembro de 1999, o Timão conquistava o tricampeonato Brasileiro

No dia 22 de dezembro de 1999, o Timão conquistava o tricampeonato Brasileiro

Foto: Evelson de Freitas/Folha Imagem

Nesta quinta-feira, o Corinthians comemora o aniversário de mais um grande título de sua história. Há exatos 17 anos, o Timão encarava o Atlético-MG na terceira final da competição, onde só precisou “cozinhar o galo” em um placar de 0 a 0 para garantir a sua terceira taça no Campeonato Brasileiro, durante a edição de 1999 do torneio.

Embalado pela conquista de 1998, o Corinthians entrou em campo com a vantagem de um empate devido aos resultados anteriores. Durante a primeira partida contra a equipe de Minas Gerais, em Belo Horizonte, o Atlético conseguiu sair na frente com um 3 a 2. Porém, no segundo jogo da decisão, já em São Paulo, o Timão levou a vitória por 2 a 0, com dois gols de Luizão.

Precisando de um empate para deixar a terceira e decisiva partida com o tricampeonato Brasileiro, disputada no dia 22 de dezembro de 1999, o Corinthians entrou em campo comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, durante a sua primeira passagem pelo clube. O treinador escalou o seguinte time para a grande final: Dida; Índio, Márcio Costa, João Carlos e Kleber; Gilmar (Edu), Rincón, Vampeta (Marcos Senna) e Ricardinho; Edílson e Marcelinho (Dinei).

Esse jogo ficou marcado por uma confusão extra-campo. Como a data da partida marcava a antevéspera do Natal, o prefeito de São Paulo da época, Celso Pitta, não queria que o jogo fosse disputado a tarde, horário que já estava agendado, para a cidade não sofrer com um grande congestionamento. A indecisão em relação ao horário se estendeu até a manhã do duelo, que seguindo a vontade do prefeito, foi disputada a noite.

Com a bola rolando, o Corinthians tomou todas as iniciativas do jogo, aparecendo ofensivamente desde o apito inicial. Porém, sentindo falta do atacante Luizão, que havia sido expulso na partida anterior, a equipe alvinegra não abriu o placar. O Atlético-MG atacou poucas vezes, mas com grande perigo, principalmente quando a bola encontrava Guilherme, artilheiro do campeonato.

Em um jogo nervoso, as equipes atacavam, mas continuavam perdendo gols. No final da partida, embaixo de uma forte chuva, a equipe mineira tentou de qualquer maneira encontrar o gol, mas não evitou o empate por 0 a 0. Com a vantagem de partidas anteriores, o resultado deu ao Corinthians a terceira taça no Campeonato Brasileiro.

Veja mais em: Jogos Históricos e Títulos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians leva a virada e perde para o Cruzeiro por 2 a 1 em Itaquera; Carille foi expulso no segundo tempo

    Corinthians não consegue afastar crise e perde de virada para o Cruzeiro pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Com apenas 5,6, o volante Ralf foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Torcida do Corinthians poupa Ralf em noite de médias extremamente baixas; reserva é o pior em campo

    ver detalhes
  • Em meio a crise, Fábio Carille seguirá no comando do Corinthians

    Diretor do Corinthians garante permanência de Fábio Carille

    ver detalhes
  • Carille foi alvo de críticas da Fiel após a derrota para o Cruzeiro

    Fim da paciência com Carille, erros de arbitragem e Corinthians 'em queda'; veja repercussão da Fiel

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu de virada para o Cruzeiro na noite deste sábado

    Com nova derrota, Corinthians pode terminar rodada fora do G6 do Brasileirão; veja tabela

    ver detalhes
  • Fábio Carille foi expulso por conta de reclamação para o árbitro e irá perder o próximo jogo do Corinthians

    Corinthians sofre com pendurados e expulsão de Carille e terá desfalque triplo diante do Santos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: