Vampeta responde a boicote de torcida rival, provoca e cita Corinthians

Vampeta responde a boicote de torcida rival, provoca e cita Corinthians

Por Meu Timão

13 mil visualizações 117 comentários Comunicar erro

Vampeta é o atual presidente do Audax, ex-Pão de Açúcar

Vampeta é o atual presidente do Audax, ex-Pão de Açúcar

Divulgação

Ídolo do Corinthians e conhecido pelo humor irreverente, o ex-jogador Vampeta, hoje presidente do Osasco Audax, se envolveu numa polêmica com a torcida do São Paulo. Após anunciar ingressos a R$ 100 (R$ 50 a meia-entrada) para torcedores do clube da Barra Funda para o duelo do próximo domingo, às 17h, na Arena Barueri, o dirigente voltou a arrancar risadas de corinthianos nesta segunda-feira – e muita raiva de são-paulinos.

“Ingressos a R$ 100 contra o São Paulo na estreia, preço normal. Eu sempre vou armado com palavras e com papel, não com arma de fogo nem com faca (risos). Por exemplo, na temporada de 2016, o São Paulo jogou o Campeonato Paulista, foi a vários municípios de São Paulo, e é só ver o preço dos ingressos, o quanto foi cobrado em cada município. É uma estreia de Campeonato Paulista, o vice-campeão (Audax), um jogo diferente, a estreia do maior atleta do São Paulo, que é o Rogério, meu companheiro, campeão do mundo”, iniciou Vampeta em entrevista ao canal FOX Sports.

Outra coisa: R$ 100 o ingresso, não vai ter ‘boi’, é R$ 100 e não vamos dar pra trás. É o valor que se cobra dentro do Campeonato Paulista, e eu estou cobrando mais barato que todo mundo. O São Paulo foi enfrentar o São Bento no ano passado, a própria Ponte Preta, R$ 180 um ingresso pra ver Wilder, Centurión. Esse ano não, esse ano tem Rogério Ceni”, ironizou.

Entre uma risada e outra, Vampeta logo atrelou as reclamações de torcedores são-paulinos ao fato de ser ídolo do Corinthians. E, sincero, não demorou a fazer suas tradicionais provocações. “Como eu sou rival e ganhei muito dos ‘bambi’, bati muito neles quando jogava, aí se criou essa polêmica, que ‘ah, o Vampeta colocou ingresso a R$ 100’. Primeiro que eu não sou dono do clube, se o clube é meu, boto a R$ 300, não boto a R$ 100”.

“Eu não dependo do dinheiro do São Paulo pra pagar folha de pagamento. Não sou obrigado a mandar torcida adversária torcer contra meu time, vai se quiser. A gente pelo menos é um clube certo, organizado, que se paga em dia, e depois do jogo do Audax manda a torcida do São Paulo ir em outros jogos e ver quanto vai custar o ingresso”, sintetizou.

Vampeta chegou ao Corinthians após passar por Vitória, Fluminense e PSV, da Holanda. Quando foi contratado, a pedido do então técnico da equipe, Vanderlei Luxemburgo, era lateral-direito. Mas foi como volante que viveu a melhor fase de sua carreira: campeão mundial (2000), bicampeão brasileiro (1998 e 1999), campeão da Copa do Brasil (2002), bicampeão paulista (1999 e 2003), entre outros títulos.

Ainda sobre o assunto, o ex-jogador afirmou que, se pudesse, não cobraria a entrada dos corinthianos no estádio José Liberatti, em Osasco. Os times se enfrentam na quarta rodada do Paulistão, dia 18 de fevereiro, às 17h.

“Se eu puder botar (ingresso) de graça contra o Corinthians, eu botaria. Minha história é no Corinthians, não é no São Paulo. Que fique bem claro, eu não torço para Palmeiras, São Paulo, Santos, eu respeito como adversário. O time que eu torço é o Corinthians, todo mundo sabe disso e, se eu pudesse botar ingresso de graça, eu botaria”, declarou Vampeta, arrancando sorrisos irônicos dos comentaristas, visivelmente insatisfeitos com o posicionamento do presidente do Audax.

“Se eu pudesse cobrar R$ 200 contra o São Paulo, eu cobraria. Se eu pudesse cobrar R$ 300 contra o Palmeiras, eu cobraria. Não tem história. Eu não sou pago pra torcer pra São Paulo, Palmeiras ou Santos, sou Corinthians e trabalhou num clube onde o dono me deu autonomia pra poder estar falando isso pra vocês”, finalizou.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians e Grêmio se enfrentam neste sábado, na Arena em Itaquera

    Saiba aonde assistir ao jogo entre Corinthians e Grêmio pela televisão

    ver detalhes
  • Corinthians encara Grêmio neste sábado

    'Entre céu e inferno', Corinthians recebe Grêmio na despedida do primeiro turno do Brasileirão

    ver detalhes
  • Badauí, do CPM22: 'Sou obrigado a ouvir que sou torcedor de Arena' | #76

    VÍDEO: Badauí, do CPM22: 'Sou obrigado a ouvir que sou torcedor de Arena' | #76

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel deixa Corinthians pouco mais de dois anos após ser contratado

    Marquinhos Gabriel deixa Corinthians como terceiro pior jogador do elenco em 2018; veja ranking

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes