Goleiro do Corinthians destaca dedicação, comprometimento e respeito ao comando

8.0 mil visualizações 54 comentários

Cássio falou do bom momento do Corinthians neste início do ano

Cássio falou do bom momento do Corinthians neste início do ano

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Após seis rodada, o Corinthians é líder do seu grupo e tem a maior pontuação do Campeonato Paulista (15). Algo que, antes de a bola rolar, era visto como impossível de acontecer pela maioria dos jornalistas e até mesmo por boa parte da torcida. Para Cássio, um dos jogadores mais experientes do atual elenco, alguns fatores explicam o atual momento da equipe.

Após o triunfo em Mirassol, por 3 a 2, de virada, o goleiro alvinegro elogiou seus companheiros.

"Tomamos dois gols, mas conseguimos a vitória e uma variação de esquema. Importante é saber que todo mundo está entendendo o que o professor Carille quer e pede, então, todo mundo se entrega. Às vezes pode faltar uma qualidade a mais na finalização, mas vontade, dedicação e esse espírito estão sendo uma marca dessa equipe", afirmou o camisa 12, que completou:

"A gente pegou um jogo contra o Santo André, que saímos perdemos, e não conseguimos virar. Contra o Mirassol, conseguimos a virada. O time está de parabéns. O time está no caminho certo, mas não podemos nos acomodar, queremos mais. Estamos unidos, todos sabem que não apenas os 11 titulares. É dar continuidade para manter a boa fase".

Cássio lembrou ainda que, depois de toda a adrenalina no Dérbi da Arena na última quarta-feira, os jogadores não deixaram de ter vontade e desejo pela vitória contra a equipe do interior, de menos expressão e tradição.

"Confiança e comprometimento, a gente pegou um jogo complicado, se falou muito do clássico e depois, por ser um adversário na teoria de menor expressão, poderia ter caído o ritmo. Mas o time teme humildade de saber que poderia ganhar o jogo e ter a melhor campanha do Paulista. É continuar trabalhando, temos um grande desafio em Brusque nesta quarta-feira", lembrou o arqueiro.

"É trabalho, é cobrança. Nós não acomodamos com coisas erradas, os mais velhos e os meninos da base... todos se cobram. O Carille não faz qualquer distinção, todos têm opinião e voz ativa. Isso é fundamental. Quem manda é o Carille, ele é o treinador. Esse respeito ajuda demais, mas queremos mais, queremos evoluir", finalizou, elogiando o trabalho do comandante do Timão.

Veja mais em: Cássio.

Veja Mais:

  • Corinthians realiza último treino no CT antes de encarar o Grêmio neste sábado

    Sem Fagner e Carlos, Corinthians finaliza preparação para duelo com Grêmio; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Ruan Oliveira estreia pelo profissional do Corinthians no primeiro compromisso da equipe pelo Brasileirão de 2020

    Corinthians prorroga empréstimo de meia Ruan Oliveira; jogador ganhará espaço com Tiago Nunes

    ver detalhes
  • Entenda a dor de cabeça de Tiago Nunes no Corinthians

    [Vitor Chicarolli] Entenda a dor de cabeça de Tiago Nunes no Corinthians

    ver detalhes
  • Gustavo Mosquito retorna ao Corinthians após empréstimo ao Paraná

    Gustavo Mosquito é regularizado pelo Corinthians e pode ser opção contra o Grêmio

    ver detalhes
  • Otero é pretendido pelo Corinthians e pode chegar para concorrer com Mateus Vital

    Otero recebe elogios de Vital, possível concorrente por vaga de titular no Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deixou o Corinthians no início desta temporada e segue sem clube

    Corinthians emite nota oficial em defesa de Jadson e desmente diretor de futebol do Coritiba

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: