Goleiro do Corinthians destaca dedicação, comprometimento e respeito ao comando

8.0 mil visualizações 54 comentários

Cássio falou do bom momento do Corinthians neste início do ano

Cássio falou do bom momento do Corinthians neste início do ano

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Após seis rodada, o Corinthians é líder do seu grupo e tem a maior pontuação do Campeonato Paulista (15). Algo que, antes de a bola rolar, era visto como impossível de acontecer pela maioria dos jornalistas e até mesmo por boa parte da torcida. Para Cássio, um dos jogadores mais experientes do atual elenco, alguns fatores explicam o atual momento da equipe.

Após o triunfo em Mirassol, por 3 a 2, de virada, o goleiro alvinegro elogiou seus companheiros.

"Tomamos dois gols, mas conseguimos a vitória e uma variação de esquema. Importante é saber que todo mundo está entendendo o que o professor Carille quer e pede, então, todo mundo se entrega. Às vezes pode faltar uma qualidade a mais na finalização, mas vontade, dedicação e esse espírito estão sendo uma marca dessa equipe", afirmou o camisa 12, que completou:

"A gente pegou um jogo contra o Santo André, que saímos perdemos, e não conseguimos virar. Contra o Mirassol, conseguimos a virada. O time está de parabéns. O time está no caminho certo, mas não podemos nos acomodar, queremos mais. Estamos unidos, todos sabem que não apenas os 11 titulares. É dar continuidade para manter a boa fase".

Cássio lembrou ainda que, depois de toda a adrenalina no Dérbi da Arena na última quarta-feira, os jogadores não deixaram de ter vontade e desejo pela vitória contra a equipe do interior, de menos expressão e tradição.

"Confiança e comprometimento, a gente pegou um jogo complicado, se falou muito do clássico e depois, por ser um adversário na teoria de menor expressão, poderia ter caído o ritmo. Mas o time teme humildade de saber que poderia ganhar o jogo e ter a melhor campanha do Paulista. É continuar trabalhando, temos um grande desafio em Brusque nesta quarta-feira", lembrou o arqueiro.

"É trabalho, é cobrança. Nós não acomodamos com coisas erradas, os mais velhos e os meninos da base... todos se cobram. O Carille não faz qualquer distinção, todos têm opinião e voz ativa. Isso é fundamental. Quem manda é o Carille, ele é o treinador. Esse respeito ajuda demais, mas queremos mais, queremos evoluir", finalizou, elogiando o trabalho do comandante do Timão.

Veja mais em: Cássio.

Veja Mais:

  • Corinthians segue na vice-liderança do Brasileirão 2022

    Corinthians mantém posição após empate e pode ver rival disparar na liderança; veja classificação

    ver detalhes
  • Gabi Zanotti voltou a marcar e ajudou o Corinthians diante do Grêmio no Brasileirão Feminino

    Corinthians leva gol no fim e fecha primeira fase do Brasileiro Feminino com empate diante do Grêmio

    ver detalhes
  • Corinthians foi empatou com o Avaí pelo Brasileirão

    Corinthians pressiona no segundo tempo e arranca empate contra o Avaí pelo Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Vítor Pereira evitou falar de rumores de saída de Willian do Corinthians

    Vítor Pereira desconversa sobre possível saída de Willian e situação de meia no Corinthians

    ver detalhes
  • Vítor Pereira avaliou o empate do Corinthians com o Avaí pelo Brasileirão

    Vítor Pereira avalia empate e explica formação tática inicial do Corinthians

    ver detalhes
  • Renato Augusto foi eleito o craque do jogo

    Renato Augusto é eleito craque do jogo em noite de médias baixas; meia titular é eleito o pior

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x