Luverdense não tem estádio para mandar jogo contra o Corinthians; diretoria se irrita

7.9 mil visualizações 54 comentários

Romarinho durante o jogo de ida, em Lucas do Rio Verde (MT), no duelo de 2013

Romarinho durante o jogo de ida, em Lucas do Rio Verde (MT), no duelo de 2013

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A diretoria do Corinthians está irritada com a indefinição do palco do primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil, que está marcado para a próxima quinta-feira (dia 9), às 21h30, em Lucas do Rio Verde (MT). Tudo porque o Luverdense não sabe até agora onde mandará o confronto. Os paulistas, que precisam cuidar da logística de viagem de quase 40 pessoas (avião, hotel, translado, etc), não estão conseguindo se programar.

O problema se dá porque o estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), está com problemas nas arquibancadas móveis e a capacidade caiu para apenas três mil torcedores. Essa quantidade de torcedores não traria dinheiro compatível à importância do duelo.

Diante disso, a diretoria alviverde pensou na utilização da Arena Pantanal. Aí, um novo problema. O estádio, que foi palco da Copa do Mundo, neste momento não tem laudos de Vigilância Sanitária e do Corpo de Bombeiros e recebe jogos do Campeonato Mato-Grossense com capacidade reduzida e na base de alvarás provisórios da Prefeitura.

A saída, então, está sendo a pressão política. O presidente do clube do Mato Grosso, Helmute Lawisch, cobrou o governador Pedro Taques para definir a situação da Arena Pantanal, e ouviu que todos os esforços seriam realizados para liberar o estádio como palco do duelo com o Corinthians.

Vale lembrar que, antes de se decidir por Londrina (PR), o duelo entre PSTC e São Paulo era para ser disputado em Cuiabá, mas sem laudos necessários a CBF não liberou. É possível que o mesmo aconteça com o Corinthians na próxima quarta-feira.

Não será a primeira vez que as duas equipes se enfrentam na Copa do Brasil. Na edição de 2013, Corinthians e Luverdense se enfrentaram nas oitavas de final. Na ida, no estádio Passo das Emas, o Timão foi derrotado por 1 a 0, num jogo com três expulsões (duas alvinegras) e um gol nos acréscimos. Na volta, mesmo pressionada pela obrigação de passar de fase, a equipe de Tite conseguiu o placar necessário. O triunfo por 2 a 0, com gols de Fábio Santos e Alexandre Pato, levou o Corinthians às quartas de final do torneio.

O duelo de volta na atual edição acontecerá no dia 15 de março, na Arena Corinthians.

Veja mais em: Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Jacinto Antônio Ribeiro, o "Jaça", conselheiro vitalício do clube, e pivô de conflito com Brazil nas últimas semanas; Márcio Bittencourt, ex-jogador e ex-treinador da base do clube

    Desentendimento na base do Corinthians separa Sub-23 das demais categorias; entenda

    ver detalhes
  • Sylvinho tem 16 jogos no comando do Corinthians, com mais derrotas (seis) do que vitórias (quatro), além de seis empates; saldo de gols também é negativo (12x16) e o aproveitamento é de 37,5%

    Pressão sobre Sylvinho aumenta no Corinthians; dois fatores jogam a favor do treinador

    ver detalhes
  • Renato Augusto fez primeiro treino com os companheiros de equipe nesta segunda-feira

    Corinthians se reapresenta e Renato Augusto faz primeiro treino com elenco no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Entre 2016 e 2018, Léo Príncipe esteve presente em 24 partidas no profissional e marcou um gol

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com Léo Príncipe em 12 parcelas; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Bloqueio é referente a valores não pagos à Federação das Associações de Atletas Profissionais

    Corinthians tem quase R$ 2 milhões bloqueados pela Justiça por dívida com programa social

    ver detalhes
  • Giuliano e Renato Augusto estiveram na Neo Química Arena e viram in loco a derrota para o Flamengo, por 3 a 1; dupla ainda não tem condições legal e física para entrar em campo

    Corinthians pode não ter Renato Augusto contra o Santos; Giuliano tem mais chances de atuar

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x