Jadson descreve vitória em clássico: 'Mostramos a força do grupo'

Jadson descreve vitória em clássico: 'Mostramos a força do grupo'

4.9 mil visualizações 57 comentários Comunicar erro

Jadson atuou os 90 minutos do clássico em Itaquera

Jadson atuou os 90 minutos do clássico em Itaquera

Foto: Reprodução/TV

Titular pela primeira vez pós-futebol chinês, o meia Jadson celebrou a vitória do Corinthians sobre o Santos, neste sábado, na Arena, por 1 a 0. Em entrevista à beira do campo, o jogador agradeceu o grupo pela dedicação e pela entrega na partida, que recebeu mais de 36 mil torcedores.

“Primeiro, tenho que agradecer os companheiros porque jogamos como uma equipe. Buscando o jogo desde o começo. Sabíamos que seria um jogo difícil, conseguimos um resultado importante. Mostramos a força do grupo”, disse Jadson.

O gol do Corinthians foi marcado pelo centroavante Jô, de cabeça, no primeiro minuto do segundo tempo do confronto. O Timão foi superior ao longo do clássico e viu o goleiro Wladimir, do Santos, ser um dos melhores em campo.

“Fico feliz por ter jogado os 90 minutos. Falei para o Carille que enquanto estivesse bem, queria estar dentro de campo”, concluiu o camisa 77.

O Corinthians volta a campo na próxima quinta-feira, diante do Luverdense, às 21h30 (de Brasília), na Arena Pantanal, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Veja mais em: Jadson.

Veja Mais:

  • Bruno Savignani comanda equipe de basquete masculino do Corinthians

    Corinthians estreia no NBB nesta terça-feira com entrada gratuita no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians está atenta aos resultados da rodada no Brasileirão

    Rivais diretos empatam, e Corinthians 'respira' na saideira da 29ª rodada; veja classificação

    ver detalhes
  • Renatinho (à dir.) marcou os dois gols do Corinthians em Foz do Iguaçu

    Valente, Corinthians arranca empate em jogaço pelas oitavas da LNF

    ver detalhes
  • Destaques para final e treino aberto na Arena - Giro de notícias do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes