Ao lembrar rejeição da torcida do Corinthians, Paulo Roberto cita Carille e 'climão' com família

3.7 mil visualizações 39 comentários

Por Meu Timão

Paulo Roberto estreou oficialmente como jogador do Corinthians no último domingo

Paulo Roberto estreou oficialmente como jogador do Corinthians no último domingo

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Hoje elogiado pela Fiel, Paulo Roberto vivia situação bastante diferente (e desconfortável) há poucos meses, quando foi confirmado como reforço do Corinthians. Contratado com 29 anos (completou 30 na semana passada), ele teve de superar uma alta rejeição da torcida para, enfim, dar a volta por cima e hoje ser considerado um bom atleta no elenco alvinegro.

"Eu já esperava que seria um dos jogadores rejeitados, digamos, mas não esperava tanto. Vim de bons campeonatos brasileiros pelo Figueirense, Atlético-PR. Isso me pegou de surpresa, você fica chateado, sim, não quer ser criticado", recordou, em entrevista ao Uol.

Ao lembrar as críticas dos torcedores, Paulo Roberto contou que, no dia em que acertou com o Corinthians, estava acompanhando o noticiário alvinegro pela internet. Foi fácil, portanto, identificar a enxurrada de xingamentos de inúmeros torcedores que haviam se revoltado com a contratação de um jogador que, em 2016, não fez muito sucesso no Sport.

"Isso era complicado porque no dia da contratação eu estava em casa, acompanhava na internet e só do meu lado a minha esposa, minha mãe e meu pai, todos acompanhando, e a gente fica um pouco triste. Algumas pessoas não te conhecem, não acompanham sua trajetória, mas entendo tudo isso. O Corinthians tem uma pressão muito grande. As críticas vêm mudando", comentou.

Um dos principais responsáveis por animar Paulo Roberto mesmo diante das primeiras semanas complicadas no Corinthians foi o técnico Fábio Carille. O treinador do Timão, aliás, foi um dos grandes responsáveis pela contratação do veterano volante.

"Ele (Carille) já conversou comigo diversas vezes e sempre me procura lembrar do que eu posso fazer. É muito bacana, ele procura sempre estar conversando comigo e com quem está fora. Esse é um dos motivos para quem entra fazer bons jogos. Ele entende o que tem que fazer, o que pode render, é muito bom. Ele já me conhecia de outros tempos e me dá muita confiança para jogar. Foi um dos responsáveis pela minha chegada", afirmou.

Mesmo em um elenco recheado de volante, Paulo Roberto vem conquistando a confiança da comissão técnica. Não à toa, já é considerado reserva imediato de Gabriel. Contra a Ponte Preta, fez sua primeira partida oficial pelo Timão, substituindo justamente o camisa 5.

"Já joguei nessa posição em outras ocasiões. Estava do lado do Maycon e do Rodriguinho, já habituados a jogar dessa forma, então como você disse eu me movimento ali conforme um vai puxando o outro. Eu via a movimentação de um lado e acompanhava. No começo do jogo, eu me senti sem a noção tática, porque estava como primeiro volante e naquela sede de querer jogar depois de muito tempo, de pegar na bola toda hora e saía um pouco da posição, eu atacava demais e nós levamos contra-ataques. O Carille já conversou comigo na pausa para beber água, corrigiu minha postura e deu certo", declarou.

Veja mais em: Paulo Roberto.

Veja Mais:

  • Paulo Roberto atuou em 27 jogos pelo Corinthians, marcou um gol e ganhou dois títulos (Paulista e Brasileiro 2017)

    Paulo Roberto entra na Justiça contra o Corinthians e pede R$ 1,2 milhão

    ver detalhes
  • Mateus Vital, Janderson e Davó são três dos quatro atacantes de lado de campo; trio de jovens se junta a Everaldo na opção de velocidade pela beirada

    Corinthians terá cinco opções de lado de campo com saída de dupla; quatro têm menos de 23 anos

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta Palmeiras na próxima quarta-feira, às 21h30

    Duelo entre Corinthians e Palmeiras pelo Paulistão tem horário definido; veja detalhes

    ver detalhes
  • Yony González deixou o Corinthians com apenas quatro jogos; colombiano é o 22º contratado do clube na década que não atingiu as dez partidas

    Yony González é o 12º contratado do Corinthians a não fazer nem cinco jogos na década; veja lista

    ver detalhes
  • Em meio ao caos, um acerto da diretoria do Corinthians

    [Giovana Duarte] Em meio ao caos, um acerto da diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Invadimos a Arena Corinthians de carro e tomamos blitz do Marcelinho Carioca

    VÍDEO: Invadimos a Arena Corinthians de carro e tomamos blitz do Marcelinho Carioca

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: