Rafael Moura classifica aprendizado no Corinthians e lembra parceria com Tevez

5.3 mil visualizações 53 comentários

Por Meu Timão

Aos 33 anos, Rafael Moura atua pelo Atlético-MG

Aos 33 anos, Rafael Moura atua pelo Atlético-MG

Bruno Cantini/Atlético-MG

Atleta do Atlético-MG, o atacante Rafael Moura carrega boas lembranças de sua trajetória no Parque São Jorge. Jogador do Corinthians ao longo das temporadas de 2005 e 2006, o He-Man, como é conhecido, recordou a cobrança a Fiel, analisou a pressão por resultados e classificou a experiência como válida.

"A cobrança lá (no Corinthians) é diária e o apoio também, acho que é a maior torcida. Um jovem que estava começando, disputar uma Libertadores foi uma grande experiência. Hoje seria diferente, porque em números a passagem foi boa, mas convivo até hoje com as críticas. Se for ver de uma forma geral, foi uma passagem bacana e foi legal ter jogado com todos aqueles nomes", disse à ESPN Brasil.

Questionado a respeito da parceria com argentino Carlitos Tevez - considerado um dos maiores ídolos do Corinthians no século - no ataque do Timão, Rafael Moura confirmou a boa convivência e revelou um segredo do gringo. "Com a gente ele conversava com um bom português, e com vocês ficavam no 'enrolation', ele mesmo falava que não gostava de imprensa", acrescentou.

Presente na partida contra o River Plate, pelas oitavas de final da Libertadores de 2006, quando ocorreu uma confusão generalizada na torcida do Corinthians, o atacante mencionou os bastidores do elenco. Preocupado com o desfecho depois do briga nas arquibancadas do Pacaembu, Rafael Moura ressaltou a união dos jogadores após o fato.

"Tiveram sete heróis (policiais que conseguiram evitar a invasão de campo). O jogo acabou, fomos para o vestiário e ficamos naquela ansiedade com o que tinha acontecido. Depois fomos para Curitiba porque era impossível treinar. Foi um processo de amadurecimento. Quando nos fechamos, conseguimos melhorar no brasileiro", completou.

Em duas temporadas no Timão, Rafael Moura foi a campo em 44 oportunidades e balançou as redes adversárias por 15 vezes. Se tratando de títulos, o atacante marcou presença no elenco que venceu o Campeonato Brasileiro de 2015, a quarta conquista corinthiana na competição.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Giuliano marcou o gol de empate do Corinthians diante do América-MG

    Giuliano 'rouba' noite de Willian e Corinthians empata com o América-MG pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Giuliano foi eleito o melhor jogador da partida contra o América-MG neste domingo

    Giuliano é eleito o melhor do Corinthians contra o América-MG; Sylvinho beira o zero

    ver detalhes
  • Willian fez sua reesteia pelo Corinthians após 14 anos

    Gol de Giuliano, estreia de Willian e críticas a Sylvinho: torcida repercute empate do Corinthians

    ver detalhes
  • Sylvinho explicou não utilização de Róger Guedes, Giuliano, Renato Augusto e Willian juntos em campo

    Sylvinho explica motivos para não utilizar o quarteto do Corinthians ao mesmo tempo neste domingo

    ver detalhes
  • Gabriel não enfrenta Palmeiras e Red Bull Bragantino pelo Brasileiro

    Gabriel recebe terceiro amarelo, é expulso após o jogo e desfalca o Corinthians por duas rodadas

    ver detalhes
  • Corinthians venceu o clássico contra o Santos na Fazendinha

    Corinthians bate o Santos e volta a vencer no Campeonato Brasileiro Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x