Outro técnico, Marlone em alta...Como era o Corinthians no último encontro com o Internacional

Outro técnico, Marlone em alta...Como era o Corinthians no último encontro com o Internacional

3.8 mil visualizações 30 comentários Comunicar erro

O Corinthians vai enfrentar o Internacional na noite desta quarta pela Copa do Brasil em mais uma decisão neste mês, e muita coisa mudou desde o último encontro entre as duas equipes. Os dois times se encontraram pela última vez no Campeonato Brasileiro de 2016, e o Corinthians enfrentou algumas mudanças: como a chegada de reforços e a saída de atletas, assim como o Internacional, que foi rebaixado e não disputará a Série A neste ano.

Diante deste cenário, o Meu Timão irá mostrar o que mudou no Corinthians desde a 36º rodada do último Campeonato Brasileiro até o atual momento. Na noite de 21 de novembro, o Corinthians enfrentou o Internacional precisando vencer a partida para continuar na briga por uma vaga na Libertadores, e assim aconteceu, o Corinthians venceu por 1 a 0 e chegou a 54 pontos. No entanto, a equipe terminou a competição fora da zona de classificação.

Escalação

Fagner contra o Internacional, na Arena Corinthians

Fagner contra o Internacional, na Arena Corinthians

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

No esquema 4-1-4-1, o Timão entrou em campo com: Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Guilherme Arana; Cristian; Marquinhos Gabriel, Camacho, Uendel e Marlone; Romero - durante o segundo tempo, Oswaldo de Oliveira promoveu as entradas de Jean, Marciel e Léo Jabá, que fez sua estreia pelo time profissional. Uma curiosidade é que naquela noite, Uendel jogou improvisado como meia. O técnico encontrava dificuldades para armar o time e resolveu improvisar o lateral que hoje está no Internacional.

Técnico diferente

Oswaldo de Oliveira era o treinador corinthiano na ocasião

Oswaldo de Oliveira era o treinador corinthiano na ocasião

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O técnico na época era Oswaldo de Oliveira. Era sua terceira passagem pelo clube, ele havia chegado para substituir Cristóvão Borges e buscar uma vaga no G6 para disputar a Libertadores 2017. O treinador falhou em seu principal objetivo e terminou o ano com o pior aproveitamento entre todos os técnicos que passaram pelo clube na temporada. Com nove jogos, Oswaldo somou duas vitórias, quatro empates e três derrotas, com um aproveitamento de 34%. O técnico foi dispensado no final da temporada e deu lugar à Fabio Carille, atual treinador corinthiano

Mudança no gol

Walter foi a opção de Oswaldo pro confronto

Walter foi a opção de Oswaldo pro confronto

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians contou com Walter embaixo de suas traves na ocasião. Oswaldo vinha alternando Cássio e Walter no gol corinthiano, mas dava preferência ao camisa 27 por estar em um momento melhor. Naquela noite, o goleiro teve vida fácil com a dificuldade do time do Internacional em chegar ao gol e pouco trabalhou.

Série A

As duas equipes ainda estavam na Séria A

As duas equipes ainda estavam na Séria A

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O último encontro das equipes foi pela Série A do Campeonato Brasileiro. Na época, o Internacional tinha uma missão bem diferente da do Timão. A equipe gaúcha lutava para permanecer na primeira divisão, missão que falhou com o rebaixamento rodadas depois. Isso faz com que os encontros das equipes na Copa do Brasil sejam os únicos no ano.

Marlone - Melhor em campo

Marlone foi o protagonista da partida

Marlone foi o protagonista da partida

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Na ocasião, Marlone era um dos únicos titulares incontestáveis na equipe. O meia vinha jogando muito bem e tinha o carinho da torcida. Naquela noite, o camisa 8 foi o responsável pelas principais jogadas criadas pelo Timão e inclusive foi o autor do gol corinthiano, com essa atuação, ele recebeu a maior nota da Fiel (9,3). Atualmente, o jogador está emprestado ao Atlético-MG.

Relembre os melhores momentos de Corinthians 1 x 0 Internacional

Relembre a ficha técnica do confronto

Campeonato: Brasileirão 2016
Local: Arena Corinthians
Data: 21 de novembro de 2016, segunda-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia e Ivan Carlos Bohn (ambos do PR)
Público pagante: 19.493
Público total: 19.769
Renda: R$ 907.361,50
Cartões amarelos: Marlone, Marciel (Corinthians); Ernando, Anselmo (Internacional)

Gol: CORINTHIANS: Marlone, aos 11 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Guilherme Arana; Cristian (Jean), Marquinhos Gabriel, Camacho (Marciel), Uendel e Marlone (Léo Jabá); Romero.
Técnico: Oswaldo de Oliveira

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Ernando, Paulão e Geferson; Rodrigo Dourado, Anselmo, Anderson e Eduardo Sasha (Nico López) e Vitinho (Seijas); Aylon (Valdívia).
Técnico: Lisca

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes
  • Corinthians de Ronaldo foi eliminado pelo Tolima em 2011 e mesmo assim Tite seguiu como técnico

    Tite/11 x Loss/18: diferenças e semelhanças entre as crises corinthianas comparadas por Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes