Jô põe panos quentes em polêmica e evita rebater declaração de são-paulino Maicon

Jô põe panos quentes em polêmica e evita rebater declaração de são-paulino Maicon

218 mil visualizações 265 comentários Comunicar erro

Jô levou a melhor sobre Maicon dentro e fora de campo

Jô levou a melhor sobre Maicon dentro e fora de campo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Autor de um gol na vitória por 2 a 0 sobre o rival São Paulo, o centroavante Jô foi escolhido para conceder entrevista coletiva no Corinthians nesta segunda-feira. E o assunto principal do bate-papo com jornalistas não poderia ser outro: o ato de fair play protagonizado pelo zagueiro Rodrigo Caio, que evitou que o atacante levasse cartão amarelo. Apesar da bela atitude do defensor são-paulino, uma declaração polêmica de Maicon, seu companheiro de zaga, chamou atenção pelo lado negativo.

Mais cedo, Maicon também deu coletiva no São Paulo e teve de responder perguntas acerca do lance. O capitão chegou a dizer que respeitava a decisão de Rodrigo Caio, porém, antes de deixar a sala de imprensa do CT da Barra Funda, polemizou: “Eu acho que é melhor a mãe deles (corinthianos) chorando do que a minha. Prefiro a mãe dos meus adversários chorando do que a minha”, bradou, demonstrando insatisfação com o ato.

Jô, que por pouco não recebeu cartão amarelo injustamente, o que o deixaria fora do Majestoso do fim de semana, evitou criticar Maicon. O atacante do Corinthians voltou a reconhecer a hombridade de Rodrigo e, ao ser questionado especificamente sobre o xerife são-paulino, deixou um recado.

“Como eu falei ontem (domingo), a atitude dele (R. Caio) foi muito nobre, é uma atitude de homem de caráter, pessoa que está no futebol porque gosta e tem um objetivo na vida, e não para poder sacanear com alguém ou tirar vantagem de um erro. A atitude dele serve de exemplo para todos nós, como ser humano, atleta profissional. Nos serve muito”, disse Jô.

“Quanto ao Maicon, não posso falar muito, cada um tem um caráter, um modo de pensar. O Rodrigo foi exemplo para muitas crianças, não se ele tem filhos, mas vai servir para sobrinhos, crianças de hoje em dia. Cada um tem um pensamento, um caráter, então cada um pensa do jeito que quiser”, frisou o camisa 7.

Corinthians e São Paulo voltam a se enfrentar no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Arena, valendo vaga na decisão do Campeonato Paulista. Antes, o Timão “vira a chave” e encara o Internacional quarta-feira, às 21h45, no mesmo local, pela quarta fase da Copa do Brasil.

Veja mais em: Majestoso, Campeonato Paulista e .

Veja Mais:

  • Média de público pagante da Arena Corinthians na atual temporada é de pouco mais de 30 mil

    Arena Corinthians se aproxima de marca de 400 mil assentos vazios na temporada 2018

    ver detalhes
  • Presente na Copa do Mundo, Cássio mantém regularidade no Corinthians e pode ser lembrado por Tite

    Com possibilidade de corinthianos, Tite convoca Seleção Brasileira nesta sexta-feira

    ver detalhes
  • Jonathas passou por ressonância magnética em clínica de São Paulo nesta quinta à tarde

    Jonathas é submetido a exame fora do CT e vira dúvida no Corinthians

    ver detalhes
  • Díaz vem treinando normalmente e está à disposição de Jair para reforçar o Timão

    Apto para estrear, Sergio Díaz pode ser novidade do Corinthians nas próximas partidas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes