Há oito anos, Ronaldo calava a Vila Belmiro com gol monumental

Há oito anos, Ronaldo calava a Vila Belmiro com gol monumental

3.5 mil visualizações 57 comentários Comunicar erro

Ronaldo marcou dois gols naquela final contra o Santos

Ronaldo marcou dois gols naquela final contra o Santos

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O ano de 2009 começou cheio de expectativas para a equipe do Corinthians. O clube tinha acabado de voltar a primeira divisão e Ronaldo Fenômeno havia sido anunciado como grande reforço do clube. Não demorou muito para as expectativas se confirmarem e a contratação do grande craque brasileiro ser justificada.

Após ter passado pelo São Paulo na semifinal do Campeonato Paulista daquele ano, o Corinthians chegou à final do estadual com uma campanha invicta. Há oito anos, no dia 26 de abril, a equipe enfrentou o Santos na final. O primeiro jogo foi realizado no estádio do rival, na Vila Belmiro, e o Corinthians conseguiu uma grande vitória por 3 a 1 - um dos gols corinthianos, inclusive, foi um golaço por cobertura de Ronaldo.

Como qualquer final de campeonato, o jogo começou com o clima muito tenso. Logo aos dez minutos, Pará fez falta em Morais, e Chicão - que mesmo sendo zagueiro era o artilheiro do Timão na temporada - bateu e marcou o primeiro gol da partida. Aos 25 minutos, Chicão deu um chutão pra frente e o primeiro momento de Ronaldo no jogo apareceu. O atacante dominou com categoria e tocou na saída do goleiro Fábio Costa, ampliando a vantagem para o Timão. Com o 2 a 0 no placar, o Santos se lançou para frente e começou a pressionar o Corinthians, mas o time da Vila Belmiro sempre parava no goleiro Felipe, que fazia grandes defesas.

No segundo tempo o roteiro era o mesmo: o Santos pressionava o Timão tentando diminuir a vantagem corinthiana de qualquer jeito. Até que aos 15 minutos, Triguinho cruzou uma bola na área, a bola desviou em Felipe e entrou para o gol. O placar era de 2 a 1, mas o grande momento da partida, e talvez do campeonato, ainda estava por vir. Aos 31 minutos, em uma tentativa de ataque do Santos, Boquita chutou a bola para o meio de campo, ela sobrou para Elias, que tentou driblar o adversário, mas acabou passando a bola para Ronaldo. O atacante deu um lindo drible no marcador e encobriu o goleiro Fábio Costa. Além de garantir o placar de 3 a 1 para o Timão, Ronaldo justificava sua contratação e calava a Vila Belmiro e os críticos que falavam que ele era um ex-jogador em atividade.

Ronaldo ainda recebeu elogios de Pelé no dia. O ex-jogador estava assistindo ao jogo no estádio naquele 26 de abril. Após o golaço de Ronaldo, Pelé estava saindo da Vila Belmiro quando disse que o atacante fez "um gol digno de Pelé, digno de rei".

O Corinthians se sagraria campeão paulista mais tarde. No segundo jogo as equipes empataram em 1 a 1, resultado que deu o título ao Timão.

Relembre os gols corinthianos no primeiro jogo da final do Paulistão em 2009

Veja mais em: Jogos Históricos, Campeonato Paulista e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Diego Tardelli está há três temporadas no Shandong Luneng

    Corinthians recebe aceno positivo de 'concorrido' Tardelli por retorno ao Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians lotou Arena para finalíssima da Copa do Brasil

    Salvo padrão Fifa, Arena Corinthians tem seu maior ganho líquido de renda na final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Thiago Neves foi um dos principais personagens das finais entre Corinthians e Cruzeiro

    Thiago Neves nega provocação ao Corinthians e esclarece polêmica; veja vídeo

    ver detalhes
  • Pedrinho comemora gol da classificação corinthiana à decisão da Copa do Brasil, diante do Flamengo

    Corinthians deve receber oferta de europeu por Pedrinho, diz agente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes