Corinthians cede espaços do uniforme para ajudar mães com filhos desaparecidos

Corinthians cede espaços do uniforme para ajudar mães com filhos desaparecidos

Por Meu Timão

O Corinthians encontrou uma maneira de homenagear e, ao mesmo tempo, prestar auxílio às mães com filhos desaparecidos no próximo domingo, Dia das Mães. O Timão cederá a manga e as costas do uniforme de seus jogadores para imagens de crianças desaparecidas e os respectivos telefones para contato na partida contra a Chapecoense, sábado, pelo Brasileirão.

Conforme antecipado pelo Meu Timão, o objetivo da campanha é ajudar mães que sofram com filhos desaparecidos. Durante o jogo, os telões e painéis de LED do estádio exibirão imagens de crianças e telefones.

A ação solidária do Corinthians seguirá ao longo do Dia das Mães, quando as redes sociais do clube voltarão a divulgar imagens de jovens e adolescentes desaparecidos e informações que possam ajudar a encontrá-los.

Recém-campeão paulista e classificado à segunda fase da Copa Sul-Americana, o Corinthians encara a Chapecoense neste sábado, a partir das 19h (de Brasília), na Arena em Itaquera, pela estreia do Campeonato Brasileiro.

Confira como ficou o manto do Corinthians contra a Chapecoense

Veja mais em: Camisa do Corinthians, Campeonato Brasileiro e Ações sociais do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians foi bicampeão mundial em 2012, diante do Chelsea, no Japão

    Grêmio cai, e Corinthians segue sendo último sul-americano campeão do Mundial da Fifa

    ver detalhes
  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes