Fusão de clube do Catar e dívida com Anderson Martins atrapalham tentativa do Corinthians

Fusão de clube do Catar e dívida com Anderson Martins atrapalham tentativa do Corinthians

Anderson Martins está na mira do Corinthians, mas há obstáculos

Anderson Martins está na mira do Corinthians, mas há obstáculos

A diretoria do Corinthians sonha com o retorno de Anderson Martins, conversa nos bastidores com seu empresário, Carlos Leite, mas três obstáculos ameaçam um desfecho positivo.

O primeiro, já de conhecimento público, é a concorrência de outros clubes brasileiros. Vasco e Atlético Mineiro conversaram com seu agente antes de o Timão demonstrar interesse e, por isso, têm uma certa prioridade.

Uma dívida de cerca de R$ 600 mil com o zagueiro é o segundo obstáculo. Anderson Martins atuou no clube no segundo semestre de 2014. A diretoria da época aceitou que seu empréstimo de um ano fosse interrompido com apenas seis meses exatamente pela dificuldade de pagar seus salários. Com isso, o defensor deixou o clube nos primeiros treinos de 2015 de volta ao Al-Jaish, do Catar. Mas sem receber tudo que estava acordado.

O terceiro obstáculo é um problema administrativo que assola seu atual clube nos Emirados Árabes Unidos. O Al-Jaish, comandado por um xeque, está em processo de fusão com um time de outro xeque. Não se sabe ainda quais jogadores dos dois clubes serão selecionados para permanecer e quais serão dispensados pela consequente falta de espaço para jogar. Carlos Leite, empresário do zagueiro, tenta colocá-lo no grupo dos dispensáveis, para que o clube brasileiro interessado possa acertar apenas luvas e salários.

A contratação de um zagueiro é um das prioridades da diretoria, que recentemente teve o chileno Enzo Rooco, do Cruz Azul, oferecido por empresários. A parte financeira, porém, deve ser obstáculo intransponível.

Anderson Martins disputou 21 partidas pelo Corinthians no segundo semestre de 2014, marcando um gol. Ele foi o substituto de Cleber, hoje no Santos, naquela ocasião.

Veja mais em: Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel é aposta do Corinthians para triunfar em território hostil. Vale a aposta?

    Contra o Racing, Corinthians decide classificação às quartas da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Fachada do estádio, no alto, com imagens de ídolos e os anos de glórias

    Estádio do rival do Corinthians cultua e respeita a história de quem fez história pelo clube

    ver detalhes
  • Carille conduziu trabalho do Timão no estádio Presidente Perón

    Carille explica mudanças no Corinthians e pede 'jogo inteligente' por vaga

    ver detalhes
  • Jô falou com a imprensa nesta terça-feira já na Argentina

    Jô admite toque no braço, nega trapaça e abre o jogo sobre polêmica no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes