Rodriguinho conta como recebeu convocação e se vê no melhor momento da carreira

Rodriguinho conta como recebeu convocação e se vê no melhor momento da carreira

Rodriguinho foi só sorrisos no Corinthians nesta sexta-feira

Rodriguinho foi só sorrisos no Corinthians nesta sexta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O meia Rodriguinho voltou, nesta sexta-feira, a ser convocado para a Seleção Brasileira. Chamado por Tite para os amistosos contra Argentina e Austrália, o jogador não escondeu a sensação de felicidade ao conceder entrevista coletiva no CT Joaquim Grava depois do treinamento da equipe. Ao lado do lateral-direito Fagner, também nos planos do Brasil, o camisa 26 revelou como recebeu a tão esperada notícia.

“A emoção é parecidíssima, independentemente do tipo de convocação. A felicidade é a mesma por representar e alcançar um sonho que a gente busca desde pequeno. Hoje, realmente, estava sozinho em casa esperando. Com uma esperança. Dá um friozinho na barriga quando os nomes vão saindo e não aparece o seu. Aí depois vem aquela explosão de alegria, sensação maravilhosa”, relatou Rodriguinho.

O primeiro compromisso da Seleção, já classificada para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018, será diante da Argentina, no dia 9 de junho, em Melbourne. Depois, a equipe verde-amarela mede forças com a Austrália, dia 13.

Entre um sorriso e outro, Rodriguinho não hesitou ao ser questionado se vivia o melhor momento da carreira. “Sem dúvida. O título ainda está fresco na minha memória. Agora, com a convocação, o sentimento é muito especial. A vida agora continua, e temos de provar a cada dia, trabalhar bastante, para que as coisas continuem assim. O começo de ano é muito bom, o título e os gols ajudam a provar isso. A convocação, não tem como discutir”, declarou o armador, que não deixou de lamentar a possibilidade de perder três jogos do Campeonato Brasileiro.

“Que pena que tem os jogos do Brasileiro, mas acho que ninguém abriria mão de poder jogar por sua seleção, representar seu país. Não podemos estar em dois lugares ao mesmo tempo, então não temos o que fazer (risos)”.

Antes de pensar na Seleção, contudo, Rodriguinho tem a missão de levar o Corinthians à primeira vitória na atual edição da Série A, domingo, contra o Vitória, às 16h (de Brasília), na Fonte Nova. De acordo com o camisa 26, o Timão tem futebol para surpreender os donos da casa.

“Nossa intenção é ganhar sempre, principalmente por ter empatado em casa. Precisamos recuperar os pontos agora. Temos uma meta de brigar lá em cima sempre. Respeitando a equipe do Vitória, mas vamos para lá com a intenção de arrancar alguns pontos”, finalizou.

Veja mais em: Rodriguinho e Corinthianos na Seleção.

Veja Mais:

  • Corinthians/Americana pode não voltar a quadra no segundo semestre

    Campeão nacional, Corinthians/Americana chega ao fim, diz jornal

    ver detalhes
  • Cicinho, hoje no futebol búlgaro, deve pintar como reforço do Corinthians

    Final da Copa da Bulgária separa Corinthians de segunda contratação para o Brasileirão-2017

    ver detalhes
  • Pequeno torcedor conheceu também o xeque Al-Khelaifi, dono do clube francês

    Em Paris, torcedor-mirim surpreende xeique do PSG e pede contratação de atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Mesmo com nova lesão, diretoria do Corinthians pausa busca por novo zagueiro

    [Marco Bello] Mesmo com nova lesão, diretoria do Corinthians pausa busca por novo zagueiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes