Corinthians se desfaz de 25% dos direitos de Petros para quitar dívidas com empresário

Corinthians se desfaz de 25% dos direitos de Petros para quitar dívidas com empresário

Por Meu Timão

105 mil visualizações 297 comentários Comunicar erro

Petros se despediu do Corinthians em 2015

Petros se despediu do Corinthians em 2015

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Os 25% dos direitos econômicos de Petros que pertenciam ao Corinthians já fazem parte do passado. O clube negociou seu percentual do volante, recém-chegado ao São Paulo, com o próprio empresário do jogador, Fernando Garcia. A informação foi divulgada pelo UOL Esportes, e confirmada pelo clube.

Com o acordo, o Timão zerou as dívidas relativas ao próprio volante, ao zagueiro Vilson e ao meia Matheus Pereira – todos agenciados por Garcia. O valor total das três dívidas é de cerca de R$ 4 milhões.

Vale lembrar que o acordo homologado no Tribunal de Justiça de São Paulo, na verdade, foi com o SEV Hortolândia, clube do interior paulista usado pelo empresário para registrar seus jogadores.

Com a negociação, os direitos de Petros passam a ser divididos entre São Paulo (50%) e Fernando Garcia (50%).

Petros, que chegou ao Corinthians após o Paulista-14 e ficou até o início do Brasileirão-15, jogou 63 vezes, marcando quatro gols.

Veja mais em: Mercado da bola e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes