Treinador do Corinthians analisa dificuldades nos dois primeiros jogos do returno do BR-17

Treinador do Corinthians analisa dificuldades nos dois primeiros jogos do returno do BR-17

1.4 mil visualizações 27 comentários Comunicar erro

Corinthians ganhou da Chapecoense, em Chapecó, no último lance do jogo

Corinthians ganhou da Chapecoense, em Chapecó, no último lance do jogo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians perdeu para o Vitória na estreia do returno, por 1 a 0, na Arena. Derrota essa que aconteceu com jogadores nervosos em campo, além de um excesso de chuveirinhos que não faz parte da rotina da equipe no Brasileirão. Na última quarta-feira, em Chapecó, voltou a não desempenhar um futebol brilhante, tendo a chance de vencer a Chapecoense apenas no último lance do jogo, com Jô. Dois jogos que mereceram uma explicação por parte de Fábio Carille.

O treinador do Timão reconheceu que ter conquistado três dos seis pontos nesses dois jogos foi acima do que estava programado após a derrota para os baianos. Na visão de Carille, alguns fatores trouxeram mais dificuldade à equipe.

"Foi uma vitória importante, eu estava feliz com um ponto lá, (ganhar) não estava em nosso planejamento. Vai ajudar bastante. Foi a soma de muitas coisas, passamos a ser o time a ser batido, o nosso primeiro turno também foi anormal. Exemplo: se fizermos 38 pontos agora (no returno), vão dizer que caímos de produção. Mas será uma boa pontuação. Os times estão nos estudando, estamos na linha de tiro", lembrou.

Leia também:
Carille banca Kazim, vê atacante 'prejudicado', mas admite chance a Carlinhos
Com 35 pontos a mais, Carille quer paciência: 'Eles não têm nada a perder'
Que pintura! Carlinhos faz fila, dá caneta e marca golaço em treino; veja

Apesar da empolgação dos torcedores corintianos de Chapecó, que gritaram "É campeão!' após o triunfo da última quarta-feira, o treinador alvinegro voltou a pedir pés no chão para seus jogadores.

"Está sendo simples: não falo de título, é uma coisa que não levo aos atletas. Sempre é jogo a jogo, o próximo será sempre o que mais importará para nós. Sei que eles (jogadores) estão lendo, escutam, por isso evito falar para que não fique na cabeça de ninguém", discursou.

O Corinthians tem dez pontos de vantagem para o vice-líder Grêmio, que seguirá focado na Copa Libertadores após a eliminação na Copa do Brasil. Os gaúchos não jogam neste final de semana devido à preservação da sua arena para o jogo da Seleção Brasileira. Se vencer o Atlético-GO, o Timão abrirá 13 pontos de vantagem para a equipe de Renato Gaúcho.

Veja mais em: Fábio Carille e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Sheik deve renovar até o final da temporada

    Diretoria liga alerta para cinco atletas com contratos no fim; Sheik acerta acordo por renovação

    ver detalhes
  • Ralf trabalhou ao lado de auxiliar da preparação física do Corinthians

    Ralf vai a campo pela primeira vez após cirurgia

    ver detalhes
  • O meia Rodriguinho e e o zagueiro Balbuena foram a campo no CT Joaquim Grava

    Com retorno de poupados, Corinthians se reapresenta no CT após empate em Recife

    ver detalhes
  • Os paraguaios Balbuena e Romero poderão ser desfalques em dois jogos do Timão

    Paraguai anuncia convocação para quarta-feira e Corinthians pode perder dupla por dois jogos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes