Pelé, sobre infância ligada ao Timão: 'Meu time do botão era corinthiano'

Pelé, sobre infância ligada ao Timão: 'Meu time do botão era corinthiano'

Por Meu Timão

29 mil visualizações 126 comentários Comunicar erro

Pelé explicou ligação com Corinthians, seu time de futebol de botão na infância

Pelé explicou ligação com Corinthians, seu time de futebol de botão na infância

Foto: Reprodução/YouTube

O maior jogador de futebol de todos os tempos é brasileiro e possui uma relação de carinho com o Corinthians. Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, lembrado por atuações históricas pela Seleção Brasileira e pelo rival Santos, voltou a falar sobre a infância alvinegra – não santista! Tal ligação teve início quando o Rei do Futebol ainda sequer brilhava pelos gramados Brasil afora.

“O meu irmão Zoca, jogou no Santos também, o time dele de botão era do Palmeiras. O meu time no botão não tinha marca nem nada. Eu tinha uma tia, irmã do meu pai que morava em São Paulo, que me levou de presente um time do Corinthians”, começou Pelé em entrevista ao canal do YouTube Desimpedidos.

“Mas era de plástico, era bonito, com distintivo e tudo. E meu irmão já tinha o do Palmeiras. Quando a gente jogava, eu jogava com o do Corinthians e, de vez em quando, ganhava. Saía o gol, eu gritava: 'Gol do Corinthians!'. Depois todos os meus amigos, pessoal do colégio, começaram a dizer que eu era corinthiano”, recordou o Rei.

A relação entre Pelé e Corinthians não se restringiu ao futebol de botão. O ex-meia-atacante marcou exatos 50 gols sobre o time da zona leste da capital paulista, sua vítima preferida. Sobre isso, aliás, Pelé provoca:

“Então eu explico mais uma vez pros corinthianos: nunca tive raiva do Corinthians, Corinthians sempre me deu alegria, Corinthians 15 anos me dando alegrias, me deixando fazer gol. Como é que vou ter raiva do Corinthians, pô?! Era só um time de botão”, reiterou, aos risos. “Tenho alguns amigos corinthianos que dizem que eu tinha raiva do Corinthians, mas não posso ter raiva. Agora, essa do botão era verdade, meu botão era corinthiano”.

Pelé, então, recebeu uma camisa do Corinthians das mãos do apresentador Bolívia. De modo a evitar qualquer saia justa, ele preferiu não vestir o manto. “Olha que legal, preta e branca do Santos (risos)”, brincou, antes de rasgar elogios ao atual elenco de Fábio Carille. “Eu não preciso vestir... Parabéns, porque está com um timaço, a gente tem que aceitar. Só que futebol é futebol, né? Tem o segundo turno todinho e o Santos está aí na cola. Parabéns mais uma vez, Corinthians!”.

Antes de dar fim ao assunto, Pelé tratou de mandar uma mensagem à Fiel: “Obrigado por você (Bolívia) me dar a oportunidade de dizer ‘eu nunca tive raiva do Corinthians’. Porque o Corinthians só me deu alegria. Está claro isso?”.

Veja mais em: Corinthians x Santos e História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Vôlei alvinegro começa sua caminhada na Superliga nesta semana

    Brasileirão, estreia na Superliga e final no feminino: a semana de compromissos do Corinthians

    ver detalhes
  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Corinthians empatou com o Vitória em 2 a 2 nesta rodada

    Concorrentes tropeçam, e Corinthians abre leve distância para Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos 'craques' do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes