Ramon classifica empate do Sub-20 do Corinthians como 'fatalidade' e projeta amistoso na Espanha

1.4 mil visualizações 13 comentários Comunicar erro

Ramon marcou diante do Audax na tarde deste sábado

Ramon marcou diante do Audax na tarde deste sábado

Rafaela de Oliveira/Meu Timão

Na tarde deste sábado, a equipe Sub-20 do Corinthians protagonizou um empate por 2 a 2 diante do Audax, em partida válida pelo Campeonato Paulista da categoria. Ao fim do confronto, o meia Ramon, autor de um dos gols do Timão, conversou com a reportagem do Meu Timão e repercutiu o resultado.

"Faz parte da vida, né? A gente saiu na frente. Por uma fatalidade eles empataram e viraram. A gente conseguiu empatar de novo, mas é sempre assim. Cada jogo é clássico. É como se fosse o último dia das nossas vidas e a gente tem que aproveitar ao máximo, mas como hoje não deu, é deixar para a próxima partida", afirmou.

Na ocasião, os comandados do técnico Dyego Coelho abriram o placar, mas, em menos de cinco minutos, viram os antagonistas encostarem e virarem a partida. O Timãozinho não se abateu e continuou na luta pelo gol de igualdade, que veio, aos 28 minutos do segundo tempo, dos pés do atacante William.

Questionado se o amistoso disputado com a Seleção Brasileira Sub-17, na última quinta-feira, havia comprometido a questão física dos corinthianos, Ramon, de 18 anos, não apontou ligação entre os jogos, já que os atletas foram devidamente preparados para tal compromisso.

"Nossa comissão técnica fez o total de minutos que a gente jogou e dividiu bem. Foi como se fosse um treino normal, então não vejo problema de interferir dentro do campo. Foi de igual para igual mesmo", assegurou.

Leia também:
Time feminino do Corinthians pressiona, tem gol anulado, mas dá adeus ao Paulista
Corinthians vence América pelo Paulista Sub-17; Sub-15 fica no empate com Osasco FC
Dorival Júnior volta a fazer mistério sobre escalação; veja relacionados do São Paulo para clássico

Ainda sobre o confronto diante do time canarinho, em que o Sub-20 corinthiano foi derrotado por 2 a 0, o meio-campista ressaltou o desejo de, um dia, vestir a camisa da Seleção, classificando a experiência como válida - ainda que o resultado final não tenha sido positivo para ele e seus companheiros.

"É bom, né? É um aprendizado. É onde a gente almeja estar, que é a Seleção Brasileira, querendo ou não o amistoso foi bom, apesar da derrota, foi bom e uma bela experiência".

Ramon ainda encontrou tempo para falar sobre o próximo amistoso do Timão, que acontece no dia 6 de outubro. Na oportunidade, os corinthianos medem força com o Deportivo La Coruña, da Espanha, no Estádio Municipal de Riazor, em Corunha. Ainda que confrontos internacionais mexam com os ânimos da garotada, o camisa 7 alvinegro mostrou serenidade quanto ao compromisso.

"Tranquilo. Como mais um treino, mais uma oportunidade de estar lá, de estar mostrando o nosso futebol e é mais uma oportunidade para a gente aproveitar", finalizou.

Vivos na disputa pelo título Paulista, Ramon e companhia voltam a campo na próxima sexta-feira (29), às 15h, no Estádio Joaquim de Morais Filho. A partida sela a 21ª rodada do torneio estadual.

Veja mais em: Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Treinador português corre risco de demissão no Monaco

    Possível interesse do Corinthians em técnico do Monaco repercute na Europa

    ver detalhes
  • Cássio comentou sobre as recentes críticas ao técnico Fábio Carille

    'Não vejo ninguém incomodado aqui', diz Cássio sobre declarações de Carille

    ver detalhes
  • Casa invadida pelo carro de Ralf amanheceu com pichações nesta terça-feira

    Muro de casa invadida por carro de Ralf, do Corinthians, é pichado

    ver detalhes
  • Pedrinho quer enfrentar o Goiás pelo Corinthians

    Pedrinho se coloca à disposição para enfrentar o Goiás; Corinthians envia fisioterapeuta

    ver detalhes
  • Cássio até se divertiu ao lembrar do momento ruim em 2016

    Chamado de 'gordo' em 2016, Cássio se coloca como exemplo para companheiros em baixa

    ver detalhes
  • Carille é apontado como nome favorito do Atlético-MG para o comando em 2020

    Contestado no Corinthians, Fábio Carille é nome preferido do Atlético-MG para 2020, diz site

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: