Corinthians reduz custo de manutenção da Arena em mais de 40%; empresa dá sua versão

Corinthians reduz custo de manutenção da Arena em mais de 40%; empresa dá sua versão

Por Meu Timão

4.4 mil visualizações 42 comentários Comunicar erro

Arena Corinthians teve redução no custo de sua manutenção predial

Arena Corinthians teve redução no custo de sua manutenção predial

Divulgação / Corinthians

O Corinthians, dentro do possível, vem conseguindo reduzir os custos da Arena. Ao menos é isso que apontou uma reportagem publicada na ultima sexta-feira pelo portal Uol.

O site teve acesso aos valores pagos pelo fundo do estádio à empresa Tejofran pela manutenção predial. E houve uma queda de mais de 40% dos gastos corinthianos.

O valor pago mensalmente caiu de R$ 469.603,45 para R$ 271.102,81. Isso representa redução de 42,19% com a manutenção predial.

De acordo com comunicado emitido pela Tejofran, a economia por parte do Corinthians foi possível graças ao corte de pessoal e de serviços prestados. Tratou-se de um pedido do clube.

"O contrato com a Arena Corinthians sofreu neste ano uma redução de escopo (número de funcionários empregados e volume de serviços prestados) e, consequentemente, de valor, em razão de um pedido formulado pelo próprio cliente", alegou a empresa.

"A renegociação e a consequente redução do valor contratual foram feitas não para conceder um desconto por item, mas para adequar à nova realidade financeira do clube, que em 2017, como vem sendo divulgado, não está tendo as mesmas condições de anos anteriores", ainda acrescentou, se referindo às dificuldades de caixa enfrentadas pelo Corinthians.

O clube não informou se houve comprometimento na qualidade dos serviços prestados.

Vale lembrar que ainda há outras responsabilidades da Tejofran frente à Arena Corinthians, como prestação de serviços de limpeza, coleta de lixo, bombeiro civil e segurança.

Em tempo: nesta semana foram entregues aos conselheiros do Corinthians resultados de auditorias que investigaram a situação das contas da Arena. Uma das constatações é de que a Odebrecht, empresa responsável pela construção da Arena Corinthians, deixou de realizar cerca de R$ 151 milhões em obras.

A construtora vem alegando que realizou tudo conforme combinado com o clube. O Corinthians, por sua vez, espera abater boa parte da dívida do estádio se conseguir provar o rombo de ao menos R$ 214 milhões deixado pela Odebrecht.

Veja mais em: Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: saiba quem chega, quem sai e quem negocia com o Timão para 2019

    ver detalhes
  • Boa parte da grana deixada pelo torcedor na Arena Corinthians não vai para o Fundo

    Despesas levam R$ 15,5 mi da bilheteria do Corinthians em 2018; veja levantamento do Meu Timão

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deposita altas doses de esperança no retorno de Carille

    Torcida do Corinthians coloca retorno do Carille no topo dos assuntos mais comentados do Brasil

    ver detalhes
  • Uendel, um dos alvos do Corinthians, tem 30 anos; 11 a mais que o atual titular Carlos Augusto

    Corinthians aumenta 'filtro de idade' em buscas indicadas por Carille no mercado da bola

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes