STJD pune Gabriel com dois jogos de suspensão por gesto obsceno; Maycon fica livre

STJD pune Gabriel com dois jogos de suspensão por gesto obsceno; Maycon fica livre

Por Meu Timão

Gabriel desfalca o Corinthians nos dois próximos jogos no Brasileiro

Gabriel desfalca o Corinthians nos dois próximos jogos no Brasileiro

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Os jogadores do Corinthians foram julgados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na tarde desta segunda-feira. Maycon foi absolvido enquanto Gabriel pegou dois jogos de punição. A informação é do UOL Esporte.

O volante Gabriel recebeu duas partidas de suspensão pelo gesto obsceno feito em direção à torcida do São Paulo no clássico entre as duas equipes, na 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, no dia 24 de setembro.

Leia também:
Jô não folga com elenco e faz tratamento especial para retornar ao Corinthians
Levantamento: todos os erros contra e favor do Corinthians no Brasileirão 2017
Filho surpreende pai palmeirense com um 'Vai, Corinthians' em pleno Allianz Parque; veja vídeo

O jogador foi julgado pelo artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. O texto fala em "assumir atitude contrária à disciplina ou à moral desportiva, em relação a componente de sua representação, representação adversária ou de espectador". A pena máxima era de seis partidas. O Corinthians ainda poderia entrar com recurso, mas o departamento jurídico decidiu aceitar e não recorrer.

Por outro lado, Maycon foi absolvido pelo STJD. O volante foi julgado por conta do pisão em Petros, na mesma partida, no início do segundo tempo. Ele poderia ter pego de uma a três partidas já que foi enquadrado no artigo 250, que fala em “prática de ato desleal ou hostil”.

Gabriel, então, está fora dos jogos do Corinthians contra Coritiba, no dia 11 de outubro, e Bahia, no dia 15. Os duelos são válidos pela 27ª e 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, respectivamente. Camacho, que costuma ser a opção de Carille durante os jogos, deve substituir o volante. Marciel e Fellipe Bastos também são opções, além de Paulo Roberto, que está em fase final de recuperação de lesão na coxa.

Já o São Paulo, que não foi denunciado por conta dos estragos feitos no ônibus do Corinthians, teve a denúncia de atraso para voltar do intervalo retirada da pauta. A Procuradoria vai analisar o caso em outra oportunidade.

Veja mais em: Gabriel, Maycon e STJD.

Veja Mais:

  • Jô e Jadson voltaram a treinar no campo nesta quinta-feira

    Treino do Corinthians tem retornos, academia lotada e possível trote de despedida

    ver detalhes
  • Corinthians relembrou os dois títulos conquistados em 2017

    Nas redes sociais, Corinthians relembra dois títulos no ano e provoca antis

    ver detalhes
  • Meia cumpriria função que Carille deseja no Corinthians

    Segundo portal, Andrés negocia possível ida de Gustavo Scarpa ao Corinthians; candidato nega

    ver detalhes
  • Jadson viveu temporada de altos e baixos no Corinthians

    Negativa de Jadson a proposta da China lhe rendeu promessa de renovação no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes