'Porcentagem de time rebaixado. Despencou', diz comentarista ao analisar returno do Corinthians

3.9 mil visualizações 90 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Cereto analiso momento do Corinthians

Cereto analiso momento do Corinthians

Reprodução/TV

O Corinthians segue na liderança do Campeonato Brasileiro - inclusive com a mesma vantagem para o vice-líder que a apresentada na virada do primeiro para o segundo turno. Entretanto, o futebol apresentado pelos comandados de Fábio Carille não é mais o mesmo. E o comentarista Carlos Cereto, do canal SporTV, sabe muito bem disso...

Ao analisar o atual momento do Timão, que empatou em 1 a 1 com o Cruzeiro no Mineirão no último domingo, Cereto criticou o "aproveitamento de rebaixado" do Corinthians. No segundo turno, a equipe alvinegra conquistou apenas 38% dos pontos que disputou - o Avaí, primeiro colocado na zona de rebaixamento, tem 38,5%.

Leia também:
Corinthians inicia terceiro período longo sem jogos; derrota e mau futebol nos anteriores
Probabilidades do BR-17: Corinthians sofre leve queda e vê Santos crescendo
Com três profissionais, Sub-20 do Corinthians embarca para a Espanha

"Corinthians tem 38% de aproveitamento no segundo turno. É uma porcentagem de time rebaixado. Caiu o desempenho. Despencou de fato, muito. Os adversários passaram a prestar mais atenção no Corinthians", apontou.

"O Corinthians tem dificuldade de criar o jogo, sair, atacar o adversário. Está todo mundo jogando para contra-atacar o Corinthians. Santos foi assim, Cruzeiro, São Paulo. Times que jogam contra o Corinthians estão esperando ele sair no contra-ataque", completou.

Na visão do comentarista, a queda de rendimento do Corinthians passa diretamente por ao menos um problema individual: Jadson. O camisa 10 estaria abaixo do esperado - o próprio jogador, aliás, admitiu a má fase e prometeu se redimir na reta final do Brasileiro.

"Caiu demais o Jadson. Depois da volta dele de contusão, não jogou mais. Não jogou bem, não consegue acertar um passe. O Corinthians fica sem o jogador que precisa armar o jogo. Ninguém está jogando bem. Todos estão abaixo do que se imagina deles", declarou.

"Quando precisa usar jogadores que vêm do banco de reservas, ai o bicho pega. Precisou usar o Kazim, mas ele não deu um chute no gol. Quando tem que usar reserva, o Corinthians mostra a fragilidade do elenco", finalizou.

O Corinthians, vale lembrar, volta a campo no próximo dia 11, quarta-feira da semana que vem, contra o Coritiba, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. A competição fica paralisada até lá por conta dos jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2018.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Jadson.

Veja Mais:

  • Marllon deve formar dupla com Bruno Méndez no embate com o Cruzeiro no sábado

    Corinthians se reapresenta, e Carille prepara zaga reserva para jogo contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians não conseguiu forçar terceiro jogo final no torneio estadual

    Corinthians perde força nos dois últimos quartos e fica com o vice do Paulista de Basquete

    ver detalhes
  • Jogador tem passagens pela Seleção Brasileira

    Zagueiro com passagem pela Seleção Brasileira diz que sonha em jogar no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcedor foi agredido em frente à sub-sede da Torcida Jovem por passar pelo local com camisa do Corinthians

    Torcedor do Corinthians é agredido por integrantes de organizada do Santos

    ver detalhes
  • Vic Albuquerque durante comemoração do primeiro gol da vitória corinthiana

    Corinthians supera colombianas na Libertadores Feminina e encaminha vaga para próxima fase

    ver detalhes
  • Momento em que Dudu, do Goiás, toca na bola com o braço

    'Zerado' no primeiro semestre, Corinthians chega ao quarto pênalti em 2019; veja curiosidades

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: