Preterido por Romero, Clayson tem números defensivos semelhantes aos do paraguaio; compare

Preterido por Romero, Clayson tem números defensivos semelhantes aos do paraguaio; compare

1.7 mil visualizações 42 comentários Comunicar erro

Clayson e Romero disputam uma vaga no time titular do Corinthians

Clayson e Romero disputam uma vaga no time titular do Corinthians

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Após campanha brilhante na primeira parte do Brasileirão, o Corinthians faz returno abaixo da expectativa. A queda de rendimento alvinegro se dá individual e coletivamente. Diante desse cenário, a Fiel questiona as decisões de Fábio Carille e cobra mudanças. Uma delas é a de Romero por Clayson. Embora desempenhe papel tático importante, o paraguaio tem sido pouco efetivo no ataque, enquanto o camisa 25 vive grande fase e marcou quatro gols nas últimas partidas do Timão.

Mesmo com os tentos marcados, há quem defenda a permanência de Clayson no banco. O principal argumento é a influência defensiva de Romero, sempre destacado pelo próprio técnico Fábio Carille. Analisando os números, porém, o quesito não pesa tanto a favor do titular alvinegro.

Embora tenham os mesmos 23 jogos disputados, os jogadores tem uma grande diferença de minutos em campo pelo Corinthians no Brasileirão. Presente nos 11 titulares desde o início da competição, Romero soma 1.921 minutos, enquanto seu reserva, contratado ainda nesta temporada, tem 973. Sendo assim, as estatísticas proporcionais dão vantagem ao camisa 25 em vários aspectos.

Leia também:
Corinthians abre portas do Parque São Jorge para aulão gratuito do Enem
O que jogadores do Palmeiras falam sobre as chances de ultrapassar o líder Corinthians?
Balbuena cita dificuldade do Corinthians, mas projeta adversário 'inovador' nesta segunda

Enquanto Romero acumula 33 desarmes no torneio, com média de um a cada 58 minutos, Clayson aparece na frente, com um desarme a cada 48 minutos, totalizando 20 no Brasileirão. Outro número importante é o de interceptações, que segue equilibrado, com 10 a 9 para o paraguaio. Em bloqueios, porém, vantagem para o brasileiro, com três - contra nenhum do concorrente pela vaga. A fonte dos números é a Opta, plataforma especializada em estatísticas de jogadores.

Saindo da parte defensiva, a vantagem de Clayson é notável. O atacante ex-Ponte Preta marca um gol a cada 162,2 minutos no Brasileirão, enquanto o camisa 11 alvinegro leva 960,5 para ir às redes. Além disso, o atual reserva do Timão se destaca nas assistências (4 a 2) e nas finalizações, onde, mesmo com menos tempo em campo, finalizou duas vezes a mais que Ángel.

Mesmo com os números e boas atuações recentes de Clayson, a tendência de utilizar o jogador apenas no segundo tempo tem sido mantida por Carille. Até aqui, o ponta só iniciou uma partida como titular em oito oportunidades, tendo sido substituído em quatro delas.

Confira as estatísticas dos dois atacantes

.

Reprodução/Opta

Veja mais em: Clayson, Romero e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos craques do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes
  • Jadson foi autor do primeiro gol do Corinthians contra o Vitória, em Salvador

    Jadson reconhece situação desconfortável do Corinthians no Brasileiro e lamenta 'gols dados'

    ver detalhes
  • Jair revelou que o emocional pesou bastante em Salvador

    Jair Ventura lamenta gol de empate aos 47 do segundo tempo e fala em 'jogo de mochila cheia'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes