Comentarista ainda vê boa vantagem do Corinthians, mas pontua: 'Chegou no fundo do poço'

3.1 mil visualizações 71 comentários

Por Meu Timão

Carlos Cereto opinou sobre o atual momento do Brasileirão

Carlos Cereto opinou sobre o atual momento do Brasileirão

Reprodução/TV

Faltando oito rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Corinthians ainda se vê seis pontos a frente dos principais rivais na luta pelo título. Mesmo com a boa vantagem, o baixo rendimento da equipe preocupa a Fiel para o restante da competição. Esse também é o pensamento do comentarista Carlos Cereto, que ainda enxerga a diferença de pontos com bons olhos, mas desconfia da capacidade alvinegra para se manter na ponta.

"A vantagem ainda é grande, ainda é muito grande. Uma vantagem de seis pontos em um campeonato de pontos corridos é gigantesca. Acontece que, se você olhar para o rendimento do Corinthians, nada demonstra, não passa nenhuma confiança de que o Corinthians vai conseguir sustentar essa vantagem. Porque o Corinthians está derretendo, o Corinthians já despencou. Já bateu no fundo do poço, e agora não tem mais para onde ir, para onde correr", analisou, durante o programa Redação SporTV.

Leia também:
Segundo turno irregular do Corinthians não atinge quarteto, que destoa de nível do elenco
Média de gols do Corinthians no returno cai pela metade; apenas dois jogadores marcaram

A grande preocupação de parte da torcida alvinegra é a proximidade de um confronto direto contra o vice-líder Palmeiras. Caso não vença a Ponte Preta, neste domingo, e o rival sai vitorioso de seu compromisso, o Timão chegará para o Dérbi, válido pela 32ª rodada, com apenas três pontos de vantagem. O comentarista, no entanto, vê o clássico como algo positivo para o time de Carille, que pode empatar e se manter na liderança do Brasileirão.

"Ele não precisa ganhar, basta empatar. O jogo vai ser em Itaquera. Se o Corinthians conseguir passar pela Ponte Preta, porque o Corinthians não consegue mais ganhar de ninguém, e o Palmeiras vencer o Cruzeiro, ambos vão chegar no confronto com seis pontos de diferença. Os mesmos seis pontos de agora. Bastará o Corinthians empatar que ele vai manter os seis pontos de diferença, só que faltando seis jogos para o campeonato. Então você vê que ainda é uma vantagem gigantesca em busca do título brasileiro", concluiu.

Os próximos desafios do Timão são contra a Ponte Preta, neste domingo, às 17h, e, em seguida, contra o Palmeiras, em Itaquera, no dia 5 de novembro, também às 17h.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Donelli deve ter nova chance na meta alvinegra com ausência de Cássio

    Corinthians não relaciona titulares para duelo contra o Novorizontino; veja lista completa

    ver detalhes
  • Reservas foram a campo para último treino antes de duelo pelo Paulistão

    Corinthians faz último treino antes de encarar o Novorizontino no domingo; veja possível time

    ver detalhes
  • Em 2016, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões; pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil

    Corinthians tenta efeito suspensivo para evitar cobrança de R$ 2,1 milhões na Justiça, que é negado

    ver detalhes
  • Último jogo do Corinthians no domingo à tarde na Neo Química Arena foi contra o Vasco, no Brasileiro

    Corinthians vai atuar pela primeira vez na temporada em um domingo à tarde; relembre horários

    ver detalhes
  • Pedrinho anota o primeiro gol do Corinthians no Brasileirão Sub-17

    Corinthians supera o Internacional e estreia com vitória no Brasileirão Sub-17

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes de seu último compromisso na fase de grupos do Paulista

    Jogo entre Corinthians e Novorizontino é confirmado à tarde; jogos da rodada serão no mesmo horário

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x