Corinthians se aproxima de título no Brasileirão com recorde negativo em posse de bola

1.5 mil visualizações 26 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Corinthians tem mais sucesso quando não controla a posse de bola no Brasileirão

Corinthians tem mais sucesso quando não controla a posse de bola no Brasileirão

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Líder do Campeonato Brasileiro há 29 rodadas, o Corinthians se aproxima do sétimo título nacional com uma marca inusitada. A equipe alvinegra, que sustenta oito pontos a mais que o vice-líder Grêmio na tabela, não alcançou sua vantagem com o controle da partida nos pés. A prova disso são os baixos índices de posse do Timão no torneio.

Em 33 rodadas disputadas, a equipe do técnico Fábio Carille realizou 11 partidas com menos de 50% de posse de bola. Entre elas, venceu dez e empatou uma, o clássico contra o São Paulo, por 1 a 1. O aproveitamento do Corinthians em jogos com este sistema chega a 94%, com uma média de 2,18 gols marcados e 0,55 sofridos por jogos, de acordo com levantamento realizado pelo TruMedia.

A pontuação mostra-se reflexo dos altos índices do Timão quando a equipe não segura a posse de bola. Foram 31 pontos conquistados em 65 disputados, em um aproveitamento de 47,4%. Os dois últimos confrontos do Corinthians pelo Brasileirão, inclusive, contaram um o recorde negativo da equipe no torneio nacional.

Leia também:
Walter passa por exame, tem lesão diagnosticada e perde restante do Brasileirão
Sonho europeu de 'rival' faz Caique França ter a maior chance da carreira contra o Avaí
Tite promove entrada de Cássio, e Seleção Brasileira vence amistoso contra Japão

Na vitória de 3 a 2 sobre o rival Palmeiras, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians sustentou apenas 38,3% do tempo de jogo com a bola nos pés. Já no triunfo de sobre o Atlético-PR, na última quarta-feira, a equipe alvinegra manteve 38,2% da posse de bola e saiu vitoriosa pelo placar de 1 a 0.

Contudo, quando precisa ser mais agudo e manter a bola nos pés, o Corinthians tende a apresentar rendimento pior. O índice apareceu nas últimas seis derrotas da equipe no Brasileirão: contra Vitória (1 a 0, 72,9% de posse), Atlético-GO (1 a 0, 67,8%), Ponte Preta (1 a 0, 67,6%), Botafogo (2 a 1, 61,2%) e Bahia (2 a 0, 52,5%). A maior posse de bola do Timão no Brasileirão foi no empate sem gols contra o Avaí, com 72%.

Quando ultrapassou a marca de 50% de posse de bola, a equipe alvinegra ainda conquistou seis empates e nove vitórias. Foram 34 pontos ganhos em 66 possíveis nestas condições, sustentando um aproveitamento de 51%, além de uma média de 0,9 gols marcados e 0,77 sofridos.

O Corinthians volta a campo já neste sábado, quando recebe o Avaí na Arena em Itaquera pela 34ª rodada do torneio nacional. A partida será realizada às 19h (de Brasília).

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Janderson e Gustavo marcaram para o Timão

    Corinthians toma a virada, mas marca de pênalti no fim e empata com o Goiás

    ver detalhes
  • Méndez foi um dos jovens que agradou a Fiel no Serra Dourada

    Opiniões divididas sobre Carille e elogios para jovens titulares: Fiel repercute empate do Timão

    ver detalhes
  • Cássio foi amarelado ao atingir Barcia com um chute depois de sofrer falta

    Corinthians perde dupla titular absoluta para a próxima rodada do Brasileiro

    ver detalhes
  • Time de Fábio Carille se manteve na quarta colocação do Campeonato Brasileiro

    Com empate em Goiás e derrotas de concorrentes, Corinthians se mantém no G4 do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians teve novidades e mostrou coisas boas no Serra Dourada

    Análise: Corinthians 'perde' melhor defesa, mas mostra que sabe jogar sem medo

    ver detalhes
  • Janderson fez o primeiro gol do Corinthians no Serra Dourada

    Janderson faz o seu primeiro gol pelo time profissional do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: