Carille tenta frear ansiedade antes de 'decisão' e prega jogo inteligente

1.5 mil visualizações 22 comentários Comunicar erro

Carille tem chance de conquistar segundo troféu da carreira

Carille tem chance de conquistar segundo troféu da carreira

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nem mesmo o fato de o Corinthians estar a uma vitória do título do Campeonato Brasileiro faz o técnico Fábio Carille abrir mão de seu estilo de jogo. Em entrevista coletiva concedida no fim da tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, o treinador do Timão pediu serenidade aos jogadores. Nada de atacar o Fluminense, nesta quarta-feira, na Arena, a qualquer custo.

“Estou muito tranquilo, não mudamos nada do que fizemos até agora. Estou pregando aos atletas a seriedade de mais um jogo importante e decisão. Mas claro que é diferente saber que uma vitória dá um titulo tão esperado e importante, por tudo o que fizemos, principalmente no primeiro turno. Esperado não era no início. Estamos levando com naturalidade, falando do jogo”, explicou Carille.

A intenção do técnico é fazer com que o Corinthians mantenha diante do Fluminense o nível de desempenho apresentado nas últimas rodadas. Assim, é improvável que a equipe abra mão da troca de passes e do jogo cadenciado por uma postura ofensiva e vertical.

Não vamos nos atirar, fazer um jogo inteligente. São dez pontos de diferença, temos de fazer um jogo para vencer, e não se atirar e tentar ganhar de qualquer forma”, acrescentou.

“É mais um jogo, o jogo contra o Grêmio, por tudo o que se falou, o jogo contra o Palmeiras lá, o 1 a 1 contra o São Paulo lá... Esse campeonato se constrói jogo a jogo. Amanhã será especial, mas não o mais importante. Especial pelo sabor de título brasileiro de uma equipe desacreditada, de um técnico novato, levo numa normalidade tudo isso. Um jogo especial”, declarou o comandante alvinegro.

Leia também:
Carille escolhe capitão do Corinthians para possível jogo do título
Carille define substituto de Balbuena e ensaia Corinthians que pode conquistar hepta

Promovido a técnico no fim de 2016, Carille pode levar o Corinthians ao segundo título na temporada – o time conquistou o Paulistão sob seu comando. A possibilidade de o Timão consumar o torneio nacional já nesta quarta-feira, com três rodadas de antecedência, faz o ex-auxiliar de Tite ter boas recordações.

“Ganhar sempre é bom. Lembro que em 2011, o empate nos favorecia contra o Palmeiras, e em 2015 faltavam três rodadas. É um sonho, a gente sabe que é bom ganhar em qualquer momento, ainda mais neste momento de definição do campeonato.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Ralf volta ao plantel do Timão para o jogo desta quarta-feira

    Com três retornos, Corinthians confirma lista de relacionados contra o Goiás; veja provável time

    ver detalhes
  • Corinthians não tomou conhecimento do adversário e garantiu mais um título estadual

    Corinthians goleia Magnus fora de casa e garante título do Campeonato Paulista de Futsal

    ver detalhes
  • Treinador português corre risco de demissão no Monaco

    Possível interesse do Corinthians em técnico do Monaco repercute na Europa

    ver detalhes
  • Arena compete com outros sete estádios pela honraria de sediar a final continental

    Conmebol confirma Arena Corinthians como candidata para sediar final da Libertadores de 2020

    ver detalhes
  • Timão perdeu a primeira pelo NBB

    Corinthians perde para São Paulo em noite de atuação apática na estreia do NBB

    ver detalhes
  • Casagrande rebateu as entrevistas concedidas pelo treinador

    Casagrande culpa Carille por deficiências do elenco citadas pelo técnico: 'Má escolha dele'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: