Elias recorda 'sofrimento' na base e escolhe rival do Corinthians que mais gosta de vencer

Elias recorda 'sofrimento' na base e escolhe rival do Corinthians que mais gosta de vencer

Por Meu Timão

Elias costumava marcar contra o São Paulo

Elias costumava marcar contra o São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Um dos grandes nomes da história recente do Corinthians, Elias não esconde o sentimento que nutre pelo clube desde sua infância. Apesar do carinho, o início do ex-camisa 7 alvinegro foi vestindo outras cores. Com apenas 13 anos, o volante desembarcou no Palmeiras para dar os primeiros passos de sua carreira e não esquece a dificuldade de defender o time rival.

"Foi sofrível. Brincadeira, tenho o maior respeito por ter me dado toda essa base. Mas no começo era difícil, cheguei lá com 13 anos, porque eu sempre estava na rua falando de Corinthians, indo nos jogos. Mas fui me acostumando. Eu falava que era santista, aí ninguém sabia", relembrou, em entrevista ao canal Desimpedidos, do Youtube.

Leia também:
Confiante, Flávio Adauto afasta possibilidade de desmanche no Corinthians: 'Saem no máximo três'
Corinthians negocia com volante do Bahia como possível contratação para 2018

Com a passagem pelo rival no passado, Elias não esconde o sabor especial de vencer seu clube formador. Mas o Palmeiras não está sozinho nessa. Perguntado sobre qual clássico prefere vencer, o volante deixou claro que, se pudesse, venceria os dois rivais ao mesmo tempo. Além disso, afirmou que não vestiria a camisa de nenhuma das equipes caso voltasse ao estado de São Paulo.

"Se desse para juntar seis jogadores do Palmeiras, cinco do São Paulo e ganhar dos dois. Melhor que isso não acha", disse, aos risos.

"Pela identificação e pelo elo que tenho com o Corinthians, acho que seria ruim para mim (ir para um rival). Já procuraram, sempre agradeci. Antes de voltar para o Corinthians, o Palmeiras veio atrás", completou.

Leia também: Jô volta a falar do desejo de jogar Libertadores, mas não crava permanência no Corinthians

Depois de negar a proposta do rival, Elias retornou ao Timão para sua segunda passagem. Parte do excelente time de 2015, o volante ganhou seu primeiro título brasileiro pelo clube. A conquista, muito especial para o ex-camisa 7, define o período como seu melhor momento no Corinthians.

"De 2008 a 2010 foi uma passagem fantástica, onde eu tive minha primeira convocação, depois fui para a Europa. Era um time maravilhoso. Do meio para frente tinha Douglas, Ronaldo, Dentinho e Jorge Henrique. Mas o de 2015 a gente dava show. Sem dar chance pro adversário, não deixando eles pegar na bola, colocando na roda mesmo", relembrou.

"Já em 2014, foi meio turbulento, porque perdemos para o Atlético Mineiro, de 4 a 1. A torcida ficou muito chateada, cheguei a discutir com alguns torcedores. Mas 2015 foi muito importante. Um título que eu tanto sonhava e consegui conquistar", concluiu.

De volta? - Recentemente, o volante deixou claro que pode voltar no Corinthians. Na oportunidade, Elias se referiu ao clube como sua casa e disse que "mais para frente" o retorno pode acontecer.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Super carros do Monster Jam já estão na Arena Corinthians

    Carros gigantes chegam à Arena Corinthians para evento deste sábado; veja fotos

    ver detalhes
  • Júnior Dutra assinou com o Corinthians até dezembro de 2019; único reforço confirmado

    Exato um mês após o título brasileiro, Corinthians tem só um reforço; três são os motivos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes