Dados de 'jogo perdido' do Corinthians são descobertos; primeiros ídolos 'ganham' gols

Dados de 'jogo perdido' do Corinthians são descobertos; primeiros ídolos 'ganham' gols

Por Meu Timão

2.3 mil visualizações 29 comentários Comunicar erro

Neco é considerado o primeiro ídolo do Corinthians

Neco é considerado o primeiro ídolo do Corinthians

Reprodução

A história vai constantemente se reinventando ao longo dos séculos nos mais variados locais do planeta. E com o Corinthians não poderia ser diferente: dados de um "jogo perdido" entre Timão e Guarani foram atualizados neste sábado no aplicativo Almanaque do Timão.

A informação foi publicada nas redes sociais do historiador corinthiano Celso Unzelte, que também é colunista do Meu Timão e criador do próprio Almanaque. Quem descobriu os novos dados, contudo, foi o pesquisador do futebol do interior Celso Franco de Oliveira Filho.

Leia também:
Prestes a renovar, Fagner pode entrar em lista dos que mais jogaram pelo Corinthians na história
Romero se torna o estrangeiro com mais jogos na história do Corinthians; Balbuena chega ao 100º

Disputado há mais de 102 anos, no dia 19 de setembro de 1915, o primeiro jogo entre Corinthians e Guarani na história foi vencido pela equipe alvinegra por 5 a 2, em Campinas. O jogo foi um amistoso, haja vista que boa parte das agremiações não jogou o Campeonato Paulista daquele ano por conta de um imbróglio envolvendo a hoje extinta Liga Paulista.

O placar já era conhecido há décadas - e sempre constou no Almanaque do Timão. O problema é que, até então, o único gol registrado daquele partida havia sido um de pênalti do ídolo corinthiano Neco.

Foram descobertos agora: os nomes dos juízes (Jonas da Silva no primeiro tempo e Manuel Duarte no segundo) e os autores dos outros gols do duelo (Romeu e Carlinhos pelo Guarani e Neco, outras duas vezes, Peres e Amílcar pelo Corinthians).

De tal forma, as principais alterações de cunho histórico nas estatísticas do Corinthians dizem respeito ao número de gols dos dois primeiros ídolos do Corinthians: Neco, quarto maior artilheiro do clube, salta de 234 para 236 tentos; Amílcar, de 89 para 90. As novas informações já constam no aplicativo do Almanaque do Timão, que pode ser baixado gratuitamente por celular ou tablet.

Veja mais em: História do Corinthians e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Uendel, um dos alvos do Corinthians, tem 30 anos; 11 a mais que o atual titular Carlos Augusto

    Corinthians aumenta 'filtro de idade' em buscas indicadas por Carille no mercado da bola

    ver detalhes
  • Memórias do Japão

    [Rafael Castilho] Memórias do Japão

    ver detalhes
  • Carille retornou da Arábia Saudita para assumir o Corinthians em 2019

    Com festa da Fiel, Carille desembarca no Brasil e fala pela primeira vez sobre retorno ao Timão

    ver detalhes
  • Carille explicou perfil de contratações indicadas à direção alvinegra

    Sem estrelas: Carille traça perfil de contratações do Corinthians e rasga elogios a Ramiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes