Presidente do Corinthians crava que clube brasileiro será campeão da Libertadores 2018

10 mil visualizações 54 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Sorteio será realizado nesta quarta-feira na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai

Sorteio será realizado nesta quarta-feira na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai

Divulgação

O campeão da Copa Libertadores 2018 será um clube brasileiro. Essa é a impressão de Roberto de Andrade, presidente do Corinthians. Em entrevista concedida na cidade de Luque, no Paraguai, horas antes do sorteio da competição na sede da Conmebol, o mandatário do Timão cravou que o título ficará no Brasil mais uma vez.

"Essa Libertadores será uma das competições mais difíceis que teremos no ano. São oito brasileiros e eu tenho em mente que um time do Brasil vai ser campeão novamente, então acho que são os grandes adversários. Não desmerecendo ninguém, a gente sabe quão difícil é a Libertadores. Acho que, nesse momento, nenhum desses clubes tradicionais de fora estão acima dos brasileiros. Pode ser que até ano que vem isso mude, mas hoje, acho que os grandes favoritos são os brasileiros", afirmou o dirigente, em entrevista à ESPN Brasil.

Leia também:
Eleição é definida com cinco candidatos à presidência e 24 chapinhas para o Conselho
Balbuena afasta possibilidade de deixar o Corinthians e já pensa em reapresentação

O futebol brasileiro terá oito representantes na competição sul-americana: Grêmio, atual campeão; Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil; Corinthians, Palmeiras, Santos, Flamengo, Vasco e Chapecoense, classificados pelo Campeonato Brasileiro - os dois últimos terão de disputar uma etapa anterior à fase de grupos.

Quatro brasileiros serão cabeças-de-chave e, consequentemente, estarão no pote 1 do sorteio: Grêmio, Corinthians, Santos e Cruzeiro. O Palmeiras estará no pote 2, enquanto o Flamengo estará no pote 3. Vasco e Chapecoense entram apenas se conseguirem a classificação na primeira fase.

Os potes foram definidos com base no ranking de clubes da Conmebol, sob três critérios: desempenho na Libertadores nos últimos dez anos, coeficiente histórico baseado em todas as participações e o desempenho do time nas últimas dez edições dos seus respectivos campeonatos nacionais.

Torcida por logística

O presidente Roberto de Andrade acredita que o Corinthians e o torcedor corinthiano devem torcer no sorteio para que os adversários sejam de lugares com fácil acesso, para facilitar a logística da delegação. A intenção é viajar o menor tempo possível, de preferência, em voos diretos, sem qualquer tipo de escala.

"Temos que torcer não pela escolha de adversário, mas por uma boa logística. Um país que se chega com um voo só, condições melhores para você chegar. Acho que isso é fundamental na fase de grupos. Depois, no mata-mata, não tem como escolher", completou Roberto de Andrade, que está no Paraguai para acompanhar o sorteio ao lado do gerente Alessandro Nunes.

Veja mais em: Roberto de Andrade e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Corinthians perdeu para o Cruzeiro por 2 a 1 neste sábado

    Corinthians deixa G4 e pode perder posição até o fim da rodada do Brasileirão; veja tabela

    ver detalhes
  • Em meio a crise, Fábio Carille seguirá no comando do Corinthians

    Diretor do Corinthians garante permanência de Fábio Carille

    ver detalhes
  • Tiago Nunes negou um suposto interesse do Corinthians para a próxima temporada

    Tiago Nunes ressalta respeito a Carille e nega contato com o Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians nunca havia perdido um jogo em que saiu na frente do adversário na Arena

    Após 184 jogos, Corinthians leva a primeira virada jogando na Arena

    ver detalhes
  • Corinthians foi superior, mas não soube converter suas chances em gol em Joinville

    Com briga no fim e vacilos, Corinthians sai atrás nas quartas da Liga Futsal

    ver detalhes
  • [Vitor Chicarolli] Há quanto tempo o Corinthians não joga bem?

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: