Clayson comemora evolução física, mas evita projetar metas para temporada do Corinthians

Clayson comemora evolução física, mas evita projetar metas para temporada do Corinthians

Por Meu Timão

2.2 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Clayson ganha cada vez mais confiança no Corinthians

Clayson ganha cada vez mais confiança no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Contratado pelo Corinthians na metade do ano passado, Clayson ganhou espaço e se firmou como titular na reta final do Brasileirão. Apesar da titularidade, o atacante costumava ser substituído no decorrer dos jogos pela falta de resistência física. Com trabalhos especiais para 2018, o jogador projeta uma temporada melhor ainda no Timão.

"Estão me ajudando muito, tanto fisiologia quanto nutricionista. E isso vamos pegando jogo a jogo, é ritmo. Tem jogo que dá para dosar mais, outros a intensidade tem que ser mais alta. Essa posição exige bastante, estou me adaptando e acho que esse ano vai ser melhor do que o ano passado", afirmou o camisa 25, que saiu do banco para decidir o duelo contra a Ferroviária.

Leia também:
Clayson projeta Majestoso e evita 'escolher lado' na briga pelo comando de ataque do Corinthians
Destaque, Clayson tem 40% dos direitos ligados ao Corinthians; outros 60% são de rival no Paulistão
Passado no futsal e futuro na maternidade: Clayson explica noite de herói pelo Corinthians

Ciente da importância que vem ganhando na equipe de Carille, Clayson acredita que seu desenvolvimento no clube vai além da parte física. Esse crescimento "geral" foi preponderante para que ele ganhasse espaço na equipe durante o ano de 2017.

"Fico feliz. Quando cheguei sabia que era um grande clube, com grandes jogadores, e tinha de buscar meu espaço. Pude ajudar o Corinthians, fui conquistando meu espaço, estou cada dia mais adaptado ao clube. Fico feliz pelo crescimento tático, físico e técnico. Tenho muito a evoluir e espero ajudar ainda mais o Corinthians", disse o atacante, que evita colocar metas para a temporada alvinegra.

"Não procuro criar metas. Trabalho para sempre ajudar o Corinthians. Se o time se destacar, o individual vai aparecer. Claro que quero fazer gol e dar assistência, mas também dar carrinho lá atrás. Busco cada vez mais evoluir", concluiu.

Veja mais em: Clayson e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Jadson é o artilheiro do elenco em 2018, com 15 gols; é o que mais fez com Jair Ventura

    Jadson se torna artilheiro da era Jair Ventura; meia participou de 12 dos últimos 20 gols do Timão

    ver detalhes
  • Roger entrou aos 13 minutos do segundo tempo e conseguiu fazer um dos gols do Timão em Salvador

    Roger é o atacante do Corinthians que precisa de menos tempo em campo para fazer um gol

    ver detalhes
  • Corinthians foi da água ao vinho: campeão em 2017 e candidato ao rebaixamento em 2018

    Corinthians luta contra reviravolta jamais vista no Brasil e raríssima no futebol mundial

    ver detalhes
  • Duelo ganhou ares dramáticos com prorrogação, mas terminou em alívio e comemoração dos corinthianos

    Em jogo dramático, pivô faz três, Corinthians segura empate na prorrogação e vai às quartas da LNF

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes