Clayson vê pressão como 'normal' e elogia poder de criação do Corinthians no Majestoso

Clayson vê pressão como 'normal' e elogia poder de criação do Corinthians no Majestoso

Por Meu Timão

2.3 mil visualizações 34 comentários Comunicar erro

Clayson foi titular na vitória de 2 a 1 sobre o São Paulo

Clayson foi titular na vitória de 2 a 1 sobre o São Paulo

Foto: Vinícius Souza/Meu Timão

A tarde de sábado foi vitoriosa para o Corinthians. A equipe alvinegra venceu o rival São Paulo por 2 a 1, na quarta rodada do Campeonato Paulista, no estádio do Pacaembu. O resultado foi exaltado pelo meia-atacante Clayson, que aprovou a ofensividade do Timão mesmo com a pressão adversária no segundo tempo do clássico.

Titular e em campo durante os 90 minutos de jogo, Clayson participou ativamente do duelo. Para o meia-atacante, o resultado positivo no primeiro clássico do ano dá ao Corinthians algo valioso na temporada: confiança. "O mais importante foi a vitória. Vencer um clássico dá uma moral no campeonato", garantiu.

Leia também:
'Craque' Balbuena decide, Jadson volta a brilhar, Kazim destoa: as notas da Fiel sobre clássico
Carille inocenta Capixaba em gols anulados do São Paulo e explica substituição
#SemNovidade: Corinthians zoa rival São Paulo no Twitter após vitória no Majestoso

O Corinthians saiu na frente no placar no primeiro minuto de jogo. O meia Jadson marcou o primeiro gol do Timão do duelo, após uma assistência de Rodriguinho. O rival do Morumbi chegou a empatar com Brenner, mas Balbuena colocou a vitória nas mãos alvinegras ainda no primeiro tempo. O gol do paraguaio aconteceu após uma cobrança de escanteio de Clayson.

A vitória do Timão veio com muito suor. O São Paulo apareceu mais ofensivo no segundo tempo, enquanto o time alvinegro buscou oportunidades no contra-ataque. A resposta foi vista como "normal" por Clayson, que elogiou a criação corinthiana - mesmo com a falta de gols na etapa complementar do clássico.

"Acho que é normal sofrermos pressão no segundo tempo, viramos o primeiro tempo com o placar na frente e eles certamente viriam para cima. Marcamos certinho atrás da linha da bola e conseguimos contra-atacar com velocidade, criar algumas oportunidades, mas não conseguimos ampliar", finalizou.

O Corinthians entra em campo no próximo dia 4, domingo, diante do Novorizontino. O duelo será válido pela quinta rodada do Paulistão e acontece no Estádio Jorge Ismael de Bias, em Novo Horizonte.

Veja mais em: Clayson, Majestoso e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • 'Nem Pedrinho salva...': Timão não foi páreo para o Grêmio na noite deste sábado

    Pobre tecnicamente, Corinthians é derrotado pelo Grêmio no fim do primeiro turno

    ver detalhes
  • Walter 'voa' para afastar perigo de gol do Grêmio; nem arqueiro evitou revés em casa

    Walter evita o pior, e Loss é eleito 'vilão': as avaliações do revés corinthiano

    ver detalhes
  • Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, falou sobre a ausência de Fagner

    Na esteira de rivais, Corinthians também reclama da convocação de Fagner: 'Não ficamos satisfeitos'

    ver detalhes
  • Corinthians tem campanha irregular no Brasileiro nas mãos de Loss

    Fiel dispara contra Loss na web após derrota do Corinthians; veja melhores comentários

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes