Corinthians paga R$ 60 mil por atraso de 13 meses e quita dívida pela contratação de Vilson

Corinthians paga R$ 60 mil por atraso de 13 meses e quita dívida pela contratação de Vilson

15 mil visualizações 229 comentários Comunicar erro

Vilson está afastado dos gramados desde março de 2017, quando passou por cirurgia

Vilson está afastado dos gramados desde março de 2017, quando passou por cirurgia

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians viu chegar ao fim na semana passada uma arrastada batalha judicial travada nos últimos dois anos com o SEV Hortolândia, clube ligado ao empresário Fernando Garcia. Tendo de arcar com R$ 60 mil por conta do atraso de 13 meses no pagamento da contratação do zagueiro Vilson, o Timão quitou a dívida no último mês de dezembro. Somente nos últimos dias, contudo, o processo que corria na Justiça foi extinto.

A informação e os valores do acordo foram publicados em primeira mão pelo site da ESPN e confirmados pelo Meu Timão junto ao clube.

Em transação similar à que envolveu o Cianorte-PR e colocou o também zagueiro Marllon no clube neste mês de fevereiro, o Corinthians acertou a contratação de Vilson em janeiro de 2016. Na época, o jogador estava em evidência após atuar por empréstimo na Chapecoense no Brasileirão do ano anterior. Os direitos federativos estavam vinculados ao Hortolândia.

O Corinthians então entrou em acordo com os empresários que estão por trás do clube do interior paulista pela compra de 50% dos direitos econômicos de Vilson por R$ 500 mil. Essa quantia seria parcelada em cinco vezes de julho a novembro de 2016. O compromisso, porém, deixou se der honrado pelo Timão a partir de setembro.

Em janeiro de 2017 o Hortolândia contatou a diretoria então comandada por Roberto de Andrade para cobrar os R$ 300 mil devidos mais R$ 22 mil pelo atraso. Sem receber, o clube ligado a Garcia entrou na Justiça em maio. As agremiações então chegaram a um acordo pelo pagamento de R$ 360 mil (e não R$ 322 mil como antes solicitado) parcelados mensalmente de julho a dezembro. Tal compromisso foi honrado pelo Corinthians.

Vilson, vale lembrar, não entra em campo numa partida oficial desde dezembro de 2016. Em março do ano passado, o zagueiro passou por um procedimento cirúrgico no joelho e desde então sofre com problemas físicos para voltar a ter condições de jogar. O contrato do beque, hoje com 28 anos, é válido com o Corinthians até o fim desta temporada.

Veja mais em: Vilson, Diretoria do Corinthians e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Corinthians conquistou o Paulistão-2018 em pleno Allianz Parque

    Corinthians conhece seu grupo no Campeonato Paulista de 2019; mata-mata terá VAR

    ver detalhes
  • Diretoria do Corinthians tem 'pepino' de mais de R$ 21 milhões em 2018

    Déficit do Corinthians aumenta em 2018 e ultrapassa R$ 21 milhões; dívida total é de R$ 504 mi

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez promete reforços 'de cancha' ao Corinthians do técnico Jair Ventura

    Andrés Sanchez promete tentar contratação de 'jogadores de cancha' para Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Caio Mello, fisioterapeuta, antes de um dos jogos do Corinthians

    Reunião com Andrés define situação de membros da comissão técnica que discutiram publicamente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes