Em quadros e pôsteres, fotógrafo eterniza momentos da Fiel na Arena Corinthians

Em quadros e pôsteres, fotógrafo eterniza momentos da Fiel na Arena Corinthians

9.3 mil visualizações 51 comentários Comunicar erro

Corinthiano fotografa a Arena em dias de jogo e eterniza momentos em produtos personalizados

Corinthiano fotografa a Arena em dias de jogo e eterniza momentos em produtos personalizados

Foto: Bruno Teixeira Rolo

Alguns amantes do esporte garantem que, a partir do momento que você passa a frequentar um estádio, sua vida muda. A afirmação é bem mais do que um ditado popular. Pelo menos para Bruno Teixeira Rolo, de 34 anos, que ganhou novos rumos desde que passou a ir nas partidas do Corinthians na Arena. Sem nenhuma rede social e fotografando a torcida com seu celular, ele percebeu que poderia unir as coisas que gostava e trabalhar em cima disso: o Timão e a produção artística.

"Quando eu comecei, nem me passava pela cabeça estar próximo do próprio clube um dia, das pessoas que gerenciam os conteúdos, muito menos que poderia ter o privilégio de viver as experiências que tive até agora", contou ao Meu Timão.

Agora fotógrafo de profissão e vocação, Bruno se aproximou do clube, ganhou inúmeros seguidores e passou a ter suas fotos reconhecidas na internet - sendo compartilhadas nas redes oficiais do Timão. A rotina que tem hoje em dia, indo a todas as partidas, começou no ano passado, pouco antes do Dérbi Centenário entre Corinthians e Palmeiras. "Propus ao André Stepan, gerente de comunicação do Corinthians, registrarmos a Arena Corinthians desde os primeiros raios de sol até os últimos momentos do dia do Dérbi", relembra.

"Após 22h de cobertura e trabalho na Arena Corinthians, percebi que nunca seria apenas uma foto de uma partida do Corinthians. A partir daquele momento seria uma missão corinthiana na minha vida, uma honra e uma responsabilidade muito grande, mas que faço todas as vezes com o maior prazer do mundo aos mais de 30 milhões de loucos", completou.

Um mosaico da torcida alvinegra deu início ao projeto.

Um mosaico da torcida alvinegra deu início ao projeto.

Divulgação/Arte do Bando

A rotina de fotografar as partidas do Timão ultrapassou os limites da internet. Agora, por meio do projeto "Arte do Bando", ele eterniza os momentos da torcida em quadros e pôsteres. A decisão de comercializar seus cliques foi tomada antes de outro Dérbi, dessa vez pelo Brasileirão. Ciente de que as duas taças do Mundial seriam exibidas em bandeirões na arquibancada, Bruno preparou um anúncio na véspera da partida e se preparou para tentar suas primeiras vendas - tudo isso, claro, depois do licenciamento dos produtos com a diretoria alvinegra.

"Quando acordei pela manhã do dia seguinte, já haviam vendido 15 quadros e o número não parava de subir. Neste momento, me dei conta que daria certo e que seria muito divertido poder levar para as casas do bando de loucos, um pouco do nosso hospício em Itaquera", contou, antes de falar sobre o prazer de vender suas fotografias para todos os lugares do mundo.

"Quando eu envio um quadro para o Pará, Amazonas, e até pedidos para fora do país, reafirmo a minha paixão pelo Corinthians e o prazer de poder levar ao corinthiano mais distante a mesma motivação que me fez fotografar a Arena Corinthians com um celular simples a primeira vez".

Corinthianos podem eternizar a Arena com quadros e pôsteres

Corinthianos podem eternizar a Arena com quadros e pôsteres

Bruno Teixeira

Para visualizar e comprar os quadros, basta visitar o site do "Arte do Bando".

Livro Arena Corinthians, Tu És Orgulho

Apaixonado pela Arena e sua atmosfera em harmonia com a Fiel, Bruno não se viu satisfeito eternizando as fotos nas molduras dos quadros. Junto com a ideia de criar o Arte do Bando, o fotógrafo, em parceria com Danilo Augusto, fundador do Meu Timão, resolveu iniciar o projeto de um livro da Casa do Povo.

Fotógrafo agora trabalha sozinho em projeto de livro da Arena

Fotógrafo agora trabalha sozinho em projeto de livro da Arena

Divugalção

Da forma mais corinthiana possível, a obra ganhou uma enorme ajuda da torcida, por meio de um financiamento coletivo. Com os trabalhos a pleno vapor, já são 360 páginas diagramadas apenas com fotos - do Bruno e de torcedores. A missão agora é diminuir essa quantia para 250, que é o limite estipulado para páginas.

Ainda mais apaixonado por seu ambiente de trabalho, o fotógrafo está vivendo intensamente a produção do livro - agora cuida de todo o processo sozinho. Por isso, já tem data estipulada para seu lançamento: maio de 2018 - próximo do aniversário do estádio. A obra vai ser mais um pequeno resumo do que é a torcida do Corinthians e sua relação com a nova casa.

"O corinthiano não torce para um time, ele vive o seu time, e sente que o seu time vive por ele. Quando perde ele fala coisas que até se arrepende, mas quando ele sente que o time precisa dele nenhuma torcida se iguala a nossa. Se um dia descobrirmos que existe um jogo do Corinthians em Marte, pode apostar que será um corinthiano que inventará o foguete", disse, orgulhoso de poder mostrar todo esse sentimento em suas fotos.

Comportamento e reconhecimento nas arquibancadas

Com a missão de fotografar os momentos de vibração da arquibancada, você deve estar se perguntando como Bruno faz para não esquecer a câmera e comemorar um gol. Bom, é claro que há um comportamento diferente, mas o coração, segundo ele, "segue batendo tão forte quanto os demais da arquibancada".

"Não existe separação entre torcedor e profissional, não tem como eu deixar de lado a paixão e devoção que eu tenho pelo Corinthians nem por um segundo. O que existe, no caso, é o comprometimento de produzir o conteúdo que eu imagino que o Corinthians e o corinthiano desejam ver. Tem momentos em que quem está fazendo a foto é o corpo, pois a alma corinthiana está em outro lugar, que eu nem faço ideia onde é", explicou.

O fotógrafo vive de perto a explosão das arquibancadas da Arena

O fotógrafo vive de perto a explosão das arquibancadas da Arena

Bruno Teixeira

Mesmo tendo de se conter em alguns momentos, Bruno leva inúmeras lembranças positivas de seus dias de trabalho - e apoio ao Corinthians, por que não? Ver os gols de Jô contra o Fluminense, por exemplo, o emocionaram durante os cliques. Mas essa emoção e suas fotografias não são, para ele, sua maior conquista.

"Se um dia eu tiver que escolher apenas uma coisa desta honrosa missão para levar para o resto da vida, eu certamente escolherei as amizades que fiz, que faço todos os dias e que espero ainda fazer. Conheci torcedores que hoje tenho o prazer de chamar de amigos", valorizou o alvinegro.

Confira alguns quadros disponíveis no Arte do Bando

Veja mais em: Produtos do Corinthians, Especiais do Meu Timão e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians e Chapecoense voltam a se enfrentar, desta vez pela Copa do Brasil

    TV Globo transmite para dois estados jogo decisivo entre Corinthians e Chapecoense

    ver detalhes
  • Placas publicitárias da Arena Corinthians renderão ao menos R$ 12 milhões por ano

    Corinthians fecha acordo independente de R$ 12 milhões pelas placas publicitárias da Arena

    ver detalhes
  • João Celeri assinou contrato com o Corinthians

    Após desistir de Juninho, Corinthians contrata atacante do Botafogo para Sub-20

    ver detalhes
  • Romero marcou o único gol da partida de ida; Timão tem vantagem mínima por vaga nas semifinais

    Corinthians tenta afastar crise e se classificar às semifinais da Copa do Brasil; saiba tudo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes