Após um mês, Júnior Dutra volta a comandar ataque do Corinthians; relembre trajetória e números

Após um mês, Júnior Dutra volta a comandar ataque do Corinthians; relembre trajetória e números

1.7 mil visualizações 61 comentários Comunicar erro

Dutra não é titular desde o confronto contra o Red Bull Brasil, no dia 19 de fevereiro

Dutra não é titular desde o confronto contra o Red Bull Brasil, no dia 19 de fevereiro

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Precisando reverter a derrota sofrida na partida de ida, o Corinthians chega para o duelo contra o Bragantino, nesta quinta-feira, às 20h, com mudanças. Uma das alterações foi no comando de ataque. Emerson Sheik retornou ao banco de reservas e deu lugar a Júnior Dutra, que deve ser o homem de referência de um possível 4-2-3-1 alvinegro.

Contratado no início da atual temporada, o ex-Avaí volta ao time titular depois de sete partidas. A última vez que iniciou um confronto foi contra o Red Bull Brasil, há pouco mais de um mês, no dia 19 de fevereiro. De lá para cá, foi utilizado durante quatro partidas. Em nenhuma das oportunidade, porém, agradou a torcida.

Para se ter uma ideia, o atacante ficou com nota média de 2,1 na avaliação dos leitores do Meu Timão na última oportunidade entre os titulares. Um jogo antes desse, vale lembrar, Dutra dividiu com Juninho Capixaba o posto de pior jogador alvinegro na derrota por 1 a 0 contra o São Bento, na Arena - ficou com média de 1,1.

Contratado pela versatilidade, Júnior Dutra tem sido mais utilizado como referência no ataque. Apesar da proximidade com o gol, nada de balançar as redes. Desde que desembarcou em São Paulo, marcou apenas uma vez em 14 partidas. O tento foi feito na segunda rodada do Paulistão, quando saiu do banco e colaborou com a vitória alvinegra por 4 a 0 contra o São Caetano.

Leia também:
Com joias no banco, Corinthians 'joga a vida' no Paulistão contra Bragantino
Relacionado pela primeira vez, Matheus Matias é elogiado por companheiro do Corinthians

A boa atuação nos minutos em que esteve em campo, inclusive, foram essenciais para ele desbancar Kazim e ganhar chances entre os titulares nas partidas seguintes. Ao todo foram cinco aparições entre os 11 de Carille, antes de perder espaço e ver o treinador apostar em um esquema sem referência no ataque.

Nesta quinta-feira, Dutra tem uma chance "diferente". Desde que deixou o time titular, o jogador ganhou poucos minutos na Arena Corinthians - 20 contra o Deportivo Lara e cinco contra o Palmeiras. Diante do Bragantino, então, o atacante, escalado para dar mais poder ofensivo ao Timão, tem a chance de desencantar na casa alvinegra e, de quebra, ajudar a equipe a avançar no torneio estadual.

Mais do que agradar a torcida, Dutra vai ter de suar a camisa para se manter como primeira opção neste esquema, com uma referência no ataque. Isso porque Matheus Matias, que também faz a função, foi relacionado pela primeira vez e deve brigar por espaço em breve.

Em tempo: os comandados de Carille precisam de uma vitória por dois ou mais gols de diferença para avançar diretamente. O jogo ainda pode ser decidido nos pênaltis em caso de qualquer triunfo com um gol de vantagem.

Veja mais em: Júnior Dutra e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Ramiro possui contrato com Grêmio até 2021; Timão contatou pai do atleta

    Corinthians consulta pai de Ramiro, do Grêmio, e mostra interesse no meia

    ver detalhes
  • Reunião do Conselho do Corinthians aconteceu no Parque São Jorge

    Conselho do Corinthians se reúne e aprova previsão orçamentária de 2019; Rosenberg causa irritação

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo se enfrentaram pelas quartas de final da Copa RS

    Corinthians é derrotado pelo São Paulo nos pênaltis e dá adeus à Copa RS de 2018

    ver detalhes
  • CT da Base já está sendo utilizado pelas equipes sub-15, sub-17 e sub-20; gramados estão prontos

    Corinthians define duas etapas de finalização das obras do CT da base; orçamento é de R$ 25 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes