Carille detona atitude de técnico do São Paulo: ‘Teve a cara de pau de falar que não me conhecia’

Carille detona atitude de técnico do São Paulo: ‘Teve a cara de pau de falar que não me conhecia’

Por Meu Timão

93 mil visualizações 476 comentários Comunicar erro

Fábio Carille não gostou nem um pouco da atitude do técnico são-paulino Diego Aguirre

Fábio Carille não gostou nem um pouco da atitude do técnico são-paulino Diego Aguirre

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A derrota do Corinthians para o São Paulo no clássico deste domingo, disputado no estádio do Morumbi, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Paulista, foi marcada por uma espécie de "climão" nos bastidores envolvendo os técnicos Fábio Carille e Diego Aguirre.

Instantes antes de a bola rolar, o treinador uruguaio, do São Paulo, passou em frente à área técnica do Corinthians e não cumprimentou Fábio Carille. Mais tarde, o próprio Diego Aguirre teria se justificado ao treinador do Timão, alegando que não o havia reconhecido.

A situação irritou Carille, que entendeu como inadmissível ser ignorado pelo treinador são-paulino. O técnico do Corinthians, vale lembrar, é o atual campeão paulista e brasileiro e completou cem jogos à frente do Timão justamente no Majestoso deste domingo.

"Eu dei uma dura nele (Aguirre) sim, porque ele passou no início do jogo na minha frente, não me deu a mão e nem me cumprimentou. Sempre sou questionado sobre técnicos estrangeiros, e falo que as portas estão abertas para todos. Ele teve a cara de pau de falar que não me conhecia, que não me reconheceu", relatou Carille, em entrevista pós-jogo.

"No intervalo cobrei isso dele quando o árbitro nos chamou. Fiquei muito chateado. Ele falar que não conhecia o técnico do Corinthians, cem jogos, ele já trabalhou no Atlético-MG, foi um desrespeito muito grande e fui cobrá-lo. Não tem nada de panos quentes para o próximo jogo (...) Ele vai ver o tratamento que vai receber lá na Arena. Vou até o vestiário levar um presente para ele", finalizou.

Em tempo: Diego Aguirre foi contratado pelo São Paulo no último dia 11. O treinador uruguaio já havia trabalhado em outros dois clubes brasileiros: o Atlético-MG e o Internacional.

Corinthians e São Paulo voltam a se enfrentar na noite desta quarta-feira, na Arena, em Itaquera, pelo jogo de volta das semifinais do Paulistão. Veja aqui o que o Timão precisa fazer para avançar às finais.

Veja mais em: Fábio Carille, Majestoso e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Jadson é o artilheiro do elenco em 2018, com 15 gols; é o que mais fez com Jair Ventura

    Jadson se torna artilheiro da era Jair Ventura; meia participou de 12 dos últimos 20 gols do Timão

    ver detalhes
  • Roger entrou aos 13 minutos do segundo tempo e conseguiu fazer um dos gols do Timão em Salvador

    Roger é o atacante do Corinthians que precisa de menos tempo em campo para fazer um gol

    ver detalhes
  • Duelo ganhou ares dramáticos com prorrogação, mas terminou em alívio e comemoração dos corinthianos

    Em jogo dramático, pivô faz três, Corinthians segura empate na prorrogação e vai às quartas da LNF

    ver detalhes
  • Roger marcou o gol da virada do Corinthians, que ainda levou empate do Vitória nos acréscimos

    Veja sobe e desce do Corinthians na classificação ao término da 30ª rodada do Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes