Corinthians vence a última partida do seu primeiro centenário

Na volta de Ronaldo aos gramados após mais de cem dias, ele ficou em campo por cerca de uma hora, teve atuação discreta, mas ajudou o Corinthians a bater o Vitória por 2 a 1 no Pacaembu pela 17ª...
Iarley vibra muito comemorando o gol do Corinthians

Iarley vibra muito comemorando o gol do Corinthians

Foto: Eduardo Knapp/Folhapress

Na volta de Ronaldo aos gramados após mais de cem dias, ele ficou em campo por cerca de uma hora, teve atuação discreta, mas ajudou o Corinthians a bater o Vitória por 2 a 1 no Pacaembu pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Iarley e Paulinho fizeram para os paulistas e Kleber Pereira descontou a favor dos baianos.

Com a autoridade de quem havia vencido oito de seus oito jogos no Pacaembu neste Brasileirão, o Corinthians foi ao ataque e não dominou para fazer a torcida comemorar. Destaque do jogo, Roberto Carlos lançou de longa distância para Iarley, aos dez minutos, encobrir o goleiro Viáfara de cabeça. Ronaldo participava do jogo pouco e com toques rápidos de primeira.

O time da casa se acomodou após o gol e tomou sustos. Henrique perdeu um gol claro em sobra dentro da área e voltou a levar a perigo em chute no travessão. Mas quem marcou foi de novo o Corinthians. Nos acréscimos da etapa inicial, Alessandro fez fila no meio campo e tocou para Elias. O volante tentou o drible e viu a bola bater na zaga e aparecer limpa para Paulinho encostar à rede.

No segundo tempo, não faltaram chances para os paulistas fazerem o terceiro. O próprio Ronaldo chegou a deixar Bruno César na cara de Viáfara – o meio chutou em cima do goleiro. Mas festa mesmo só aos 17 minutos, quando Ronaldo pediu para deixar o jogo. O veterano Kleber Pereira descontou para o Vitória de cabeça, mas não assustou o conrigão.

Corinthians vence a última partida do seu primeiro centenário Corinthians vence a última partida do seu primeiro centenário 0

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Vitória

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes